Qual a importância do layout de lojas na atração de clientes?

Pensar no layout de lojas é essencial porque ele pode atrair ou afastar os clientes de um estabelecimento. Mas como fazer isso e qual a sua importância, na prática? Descubra agora mesmo!

ícone autor blogpost Estefânia Martins ícone data de postagem e atualização30/10/2020 ícone comentários0 comentários ícone categoria principal Gestão Estratégica ícone tempo de leitura 4 minutos
Compartilhe este Post  : 

Um layout de lojas bem feito é capaz de fazer com que o consumidor se sinta acolhido e confortável. Consequentemente, ele se torna mais propenso a entrar, permanecer e, principalmente, efetuar uma compra. Em contrapartida, uma má distribuição dos produtos, entre outros fatores, pode criar uma percepção ruim, fazendo com que um possível cliente dê meia volta.

Apesar de não ser uma novidade, muitos empresários pecam nesse sentido, deixando o layout de lojas de lado, focando basicamente no produto em si e no atendimento. Se este é o seu caso, convidamos a continuar a leitura. 

Isso porque, neste conteúdo, mostraremos a importância do layout de lojas, independentemente do segmento de atuação. Além disso, daremos dicas práticas para você rever a sua organização e aparência agora mesmo. Boa leitura!

O que é layout de lojas?

Layout de lojas é definido como a utilização dos espaços disponíveis, de forma a oferecer mais comodidade ao clientes e, com isso, incentivar a venda

De acordo com o Manual Layout da Loja, desenvolvido pela associação ECR Brasil, não basta pensar apenas na localização dos produtos. É preciso oferecer variedade e uma boa exposição, pois isso faz com que as pessoas visualizem facilmente o que o local oferece.

Logo, conforme pontuado pelo Sebrae, na hora de pensar no layout de lojas é importante levar em consideração aspectos como:

  • Local do caixa;
  • Acesso aos produtos;
  • Local do estoque e armazenamento;
  • Disposição das gôndolas e displays;
  • Local da vitrine.

Qual a importância do layout de lojas?

O layout de lojas é essencial para atrair mais clientes, bem como garantir que eles terão uma experiência positiva durante suas compras. Ele é capaz de influenciar as pessoas, pois a forma com que os produtos são expostos ajuda (ou não) na decisão de compra.

Uma loja desorganizada, com aparência suja e funcionários mal humorados, por exemplo, afasta os clientes. E mais: por eles estarem cada vez mais exigentes, a probabilidade de nunca mais voltarem é enorme.

Já quando o posicionamento dos produtos é estratégico e a decoração como um todo é agradável, o processo de compra flui naturalmente. A pessoa é atraída, sente-se à vontade para permanecer e encontrar os produtos que necessita.

Quais fatores influenciam no layout de lojas?

1. Fachada

O primeiro contato que o cliente tem com a loja é através da fachada. Sabendo disso, como causar uma primeira boa impressão?

Escolher portas grandes, que permitam ver o interior da loja, é uma boa opção. Isso porque facilita na visualização dos produtos antes mesmo de entrar. A vitrine também deve ser pensada de forma estratégica, dispondo itens que realmente sejam atrativos. 

Dica importante: adicione preço nos produtos da vitrine. Segundo o Sindilojas de Campinas e Região, a falta desse tipo de informação deixa o cliente desconfiado e sem referência para qualquer tipo de avaliação. 

Em contrapartida, se o preço está visível, a loja passa a atrair o público certo, evitando desperdiçar esforço de venda com quem não possui condições para comprar.

2. Iluminação

Outro ponto importante no layout de lojas é a iluminação. Através dela, é possível destacar algum produto específico, que esteja em promoção ou seja novidade, por exemplo. 

A luz do espaço como um todo também precisa de atenção. Ela não pode ser forte em excesso, a ponto de incomodar o cliente, nem muito fraca, dificultando a leitura de uma embalagem ou etiqueta.

3. Layout interno de lojas

Esse é, de fato, um dos fatores mais importantes, pois é o que faz com que o cliente se sinta confortável ou não. Evite corredores muito estreitos, que atrapalhem a passagem, e faça com que a decoração esteja de acordo com a identidade da empresa.

Ou seja: a cor e o tipo de mobília pode tornar o espaço mais tradicional, rústico, despojado ou moderno – dependendo do que se deseja transmitir da marca.

4. Organização dos produtos

Muitos clientes gostam de entrar em uma loja e procurar os produtos sem que um vendedor fique ao seu lado. Se esse é o seu caso, certamente valoriza ambientes que têm itens bem-dispostos, organizados, separados por categorias e, portanto, fáceis de serem localizados.

Essa preferência deve ser levada em consideração no momento de pensar no layout de lojas.

Dicas para organizar o layout de lojas

Para começar a organizar o layout de lojas, é importante colocar-se no lugar de quem está visitando o estabelecimento. Entenda as expectativas que os clientes possuem e o que de fato pode atrair a sua atenção.

Como não existe uma regra única de como realizar isso, vamos dar algumas dicas por segmento. Confira:

Lojas de varejo

O produto é a coisa mais importante que uma loja de varejo tem a oferecer. Logo, é preciso retirar qualquer obstáculo que esteja afastando os clientes daquilo que eles necessitam.

Neste segmento, a fachada, a vitrine, as cores e a decoração são essenciais. Um som ambiente e um aroma agradável também podem fazer a diferença para que se sintam mais confortáveis. Mas nada de exageros, viu?

Supermercado

Uma estratégia comum em supermercados é dispor os produtos mais procurados no fundo da loja. Isso faz com que o consumidor se depare com outros itens e promoções enquanto caminha até o local.

Junto ao caixa, procure posicionar alguns produtos mais baratos, incentivando a chamada compra por impulso. 

Outras dicas importantes são:

  • Fique atento às datas de vencimento, para não passar a sensação de descuido ou má fé;
  • Remova embalagens danificadas;
  • Mantenha os produtos organizados, evitando deixar gôndolas vazias;
  • Dê uma atenção especial à higiene e limpeza do supermercado como um todo;
  • Posicione os produtos mais importantes na altura da visão e ao alcance das mãos, sempre com os rótulos virados para a frente.

Hortifruti

Características como textura, odor e cor são levados em consideração pelos clientes que frequentam hortifruti. Isso porque elas transmitem a qualidade da fruta, do legume ou da verdura – influenciando na sua compra.

Desta forma, fique atento os produtos que estão sendo expostos e os posicione de forma a serem facilmente acessados. Isso não significa que uma fruta machucada, por exemplo, deve ser colocada fora. Porém, é possível criar um espaço específico para os itens danificados, permitindo que ainda assim sejam adquiridos.

Como você pode perceber, organizar o layout de lojas não é tarefa fácil, pois requer organização e controle de uma série de fatores. A boa notícia é que o Checklist Fácil pode te ajudar nessa tarefa. Agende uma demonstração gratuita agora mesmo!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *