Os pilares da digitalização da indústria

A digitalização da indústria se baseia em pilares tecnológicos que sustentam apoiam o movimento da indústria 4.0. Conheça, neste post, os principais aspectos dessa transformação!

Tempo de leitura: 4 minutos
Os pilares da digitalização da indústria

Já sabemos que a transformação digital está cada vez mais constante em todas as situações do nosso cotidiano, não é mesmo? E esse processo na digitalização da indústria não é diferente.

Pensando em nosso dia a dia, um dos maiores exemplos são os celulares. Precisamos dele para realizar uma série de tarefas, como acordar, anotar informações relevantes, compartilhar informações e se comunicar.

E, para as empresas, os avanços tecnológicos também abriram diversas oportunidades para otimizar os processos internos. Além disso, possibilitaram a entrega dos seus produtos com mais rapidez e qualidade.

A digitalização é um ponto fundamental e que se tornou uma questão de prioridade entre as indústrias ao redor do mundo. Até mesmo para se tornarem mais reconhecidas e alcançarem mais clientes,.

Pensando nisso, nós elaboramos esse conteúdo para te mostrar quais são os pilares da digitalização industrial e como você pode utilizar as ferramentas mais modernas para se destacar diante da concorrência e obter sucesso! Quer saber mais sobre tudo isso? Então, continue nos acompanhando! Vamos lá?

O que é a digitalização da indústria?

De forma básica, a digitalização da indústria, também denominada como indústria 4.0, é uma transformação tecnológica que automatiza os processos dentro de uma organização.

Além disso, a indústria 4.0 também é o alicerce para o que chamamos de inteligência artificial. Ou seja, a digitalização da indústria traz a tona fatores como:

  • Desenvolvimento e implantação de mecanismos automatizados;
  • Criação de um banco de dados para gerenciar uma grande quantidade de informações;
  • Estabelecimento de uma conexão de máquinas e equipamentos com a internet;
  • Entre outros.

Esses desenvolvimentos tecnológicos foram úteis para proporcionar às organizações mais facilidade em realizar suas atividades empresariais. Isso também impacta na redução de custos operacionais e administrativos.

Se você atua com alpinismo industrial, por exemplo, imagine que grande parte das atividades da sua empresa pode ser otimizada. Assim, isso dispensa retrabalho, diminui falhas na produção e reduz custos!

Quais são os pilares da digitalização da indústria?

Agora que já entendemos o que é a digitalização industrial e como ela pode ser benéfica para uma empresa, vamos detalhar agora sobre os principais pilares da indústria 4.0. Por isso, continue nos acompanhando!

Inteligência artificial

Como citamos, a inteligência artificial, também denominada como IA, trata-se de uma ciência que implementa, desenvolve e estuda mecanismos inteligentes.

Desse modo, eles são capazes de realizar as mesmas tarefas operacionais que um humano. Em outras palavras, a inteligência artificial é um estudo que desenvolve dispositivos autônomos.

Para entendermos melhor, vamos imaginar o contexto de uma empresa de galvanização a fogo. Lá, é preciso uma série de processos, máquinas e equipamentos para o serviço de galvanização ser finalizado.

No entanto, por meio da inteligência artificial, grande parte dessas ações podem ser automatizadas e realizadas somente por máquinas e processos inteligentes.

Vale destacar que, a inteligência artificial não compreende apenas máquinas e equipamentos. Ela também se refere a softwares, processos e a todos os meios que necessitam de capacidades como pensar, perceber, raciocinar, solucionar problemas, entre outros.

Big Data Analytics

Você já ouviu falar em Big Data Analytics, mas ainda não sabe sobre o que significa? O Big Data se baseia na análise e gerenciamento de uma grande quantidade de informações.

Em outras palavras, a ferramenta Big Data Analytics se trata do armazenamento e gerenciamento de uma grande quantidade de dados.

O Big Data se tornou muito popular, pois, a maioria dos sistemas tradicionais de armazenamento e gerenciamento de dados não garantia tanta rapidez e precisão para analisar todas as informações.

Assim, o Big Data está entre os únicos sistemas que conseguem trazer informações mais precisas, em um período de tempo muito mais curto do que os outros sistemas. Além disso, esses dados podem ser de uma gama diversa de assuntos, dependendo da necessidade de cada empresa.

Se você atua em uma empresa que produz e vende lona de caminhão, por exemplo, certamente, há uma grande quantidade de informações sobre seus clientes, regras e contratos.

Nesse caso, o Big Data Analytics pode ajudá-lo a otimizar, armazenar e gerenciar todos os dados da forma mais simples possível.

Imagine ter todos os dados úteis na hora que sempre precisar? Essa é uma ferramenta inovadora e que chama a atenção de todas as empresas que o conhecem.

Internet das Coisas

Por fim, temos o conceito da Internet das Coisas. Esse conceito se baseia em fazer a conexão de máquinas, equipamentos e processos com a internet.

Até aqui parece bem confuso, não é mesmo? A ideia inicial desse conceito é que o mundo físico e virtual se torne apenas um.

Um exemplo disso são os óculos de realidade virtual ou o Google Glass. Trata-se um equipamento que possibilita a interação de usuários com diversos conteúdos em realidade aumentada.

Ou seja, a Internet das Coisas consiste em fazer com que itens como vestimentas, meios de transporte, maçanetas, entre outros, tenham uma conexão com a internet.

Consequentemente, isso faz com que possam realizar tarefas inteligentes e ser controlados de forma remota.

Mas como eles podem realizar uma série de atividades e interagir apenas conectados a internet? A resposta para isso está nos sensores inteligentes e softwares feitos para transmitir dados para o item.

Ou seja, na internet, é programada uma gama de atividades pré-definidas. Assim, os itens e dispositivos apenas seguem o comando e se tornam automatizados e, até mesmo, sincronizados uns com os outros.

Por fim, com esses avanços tecnológicos, qualquer indústria pode se destacar e ter mais facilidade em realizar suas atividades. Tudo isso com mais otimização e qualidade nos processos.

Agora que você já sabe tudo sobre a digitalização da indústria, o que está esperando para aplicar algum desses avanços em seu próprio negócio? E aí, gostou do post? Conta pra gente!

Esse artigo foi escrito por Rafaela Ricardo, criadora de conteúdo do Soluções Industriais.

Últimos posts por Autor convidado (exibir todos)

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *