Equipe da empresa trabalhando na personalização de checklist para segurança do trabalho

Personalização de checklist para segurança do trabalho: escolha o peso e modelos de resposta

A rotina de trabalho de um técnico de segurança do trabalho é envolvida em uma série de atividades. Alguns exemplos são as inspeções, testes, avaliações dos ambientes, equipamentos e práticas no local de trabalho. Isso tudo é feito com o objetivo de garantir que todos sigam os padrões de segurança e os regulamentos definidos.

Mas em meio a essa sequência de ações, ainda existem várias outras que também são importantes para a organização ficar em conformidade com todas as determinações:

  • Educar todos os trabalhadores sobre a segurança no local de trabalho;
  • Demonstrar o uso correto de equipamentos de segurança (EPIs);
  • Investigar incidentes e acidentes para identificar as causas e como eles podem ser evitados no futuro.

Agora imagine ter que lidar com toda essa série de informações diferentes, checagens, auditorias, não conformidades e treinamentos utilizando papel? Já não dá mais né! E com planilhas? Apesar de ser uma forma de compilar os dados, o tempo perdido para alimentar e só depois conseguir analisar custa caro para empresas de qualquer segmento.

É por isso que você precisa conhecer a funcionalidade de personalização de checklist, presente na plataforma Checklist Fácil!

Qual a importância de contar com a personalização de checklist?

No dia a dia, é comum ter que verificar a data de validade dos extintores de incêndio, conferir se todos os colaboradores estão utilizando os EPIs, descrever os detalhes dos ambientes de trabalho e identificar quantos profissionais já passaram pelos treinamentos.

Percebe que, para essas perguntas, todas precisam de respostas de tipos diferentes? Algumas serão numéricas, outras de datas ou apenas texto, e em outras basta responder com Sim ou Não. Mas sem uma estrutura predefinida, fica complicado identificar todas essas diferenças depois.

Por isso a personalização de checklist é tão importante! Com essa opção, você pode configurar qual o tipo de resposta para cada tipo de pergunta diferente.

Essa capacidade de personalização vai facilitar em vários momentos:

  • Na hora de criar o checklist, por já definir e deixar claro o que se espera como resposta;
  • Durante a aplicação do checklist, já que permite preencher as informações necessárias através do app mobile;
  • No momento de análise, pois todos os dados são compilados e agrupados para gerar relatórios em tempo real.

Quais os tipos de resposta disponíveis na plataforma Checklist Fácil?

Tudo bem, já vimos que é importante contar com essa personalização de checklist. Mas na plataforma Checklist Fácil, quais os tipos disponíveis? Será que existe algum que você utiliza e que precisa confirmar se a solução contempla?

Para cada item do checklist, ou seja, para cada pergunta, você tem uma lista de opções como:

  • Respostas avaliativas;
  • Campo de texto;
  • Respostas personalizadas;
  • Localização do GPS;
  • Código de barras.

Agora, que tal conhecer melhor cada uma delas para saber como utilizar na prática?

Respostas avaliativas

Para perguntas que precisam de uma resposta avaliativa, esse é o campo que você precisa selecionar.

Nele, vai surgir os modelos com carinhas, de 2 ou 3 tipos, e de Sim ou Não. Para cada resposta, também é possível aplicar o campo de Não se Aplica (N/A) e o de Destaque.

Tipos de respostas avaliativas presentes na plataforma Checklist Fácil

Campo de texto

Já quando existe a necessidade de fazer uma descrição, o campo de texto é o mais indicado.

Mas não é só isso! Nessa opção, você consegue escolher também uma variedade de tipos de resposta:

  • Texto sem formatação: Apresenta a aparência do texto tradicional;
  • Campo Monetário: Traz a informação de valor monetário;
  • Campo Quantidade: Campo de resposta onde só é possível utilizar números como resposta;
  • Campo de Número Real: Aqui também só é permitido adicionar números como resposta, porém com a possibilidade de utilizar a vírgula;
  • Campo Data: Abre a opção de agenda para escolher a data;
  • Campo CEP: Campo personalizado para informação de CEP;
  • Campo Estado: Fornece a lista de Estados brasileiros;
  • Campo Estado e Cidade: Fornece a lista de Estados brasileiros e as cidades relacionadas a cada um;
  • Campo Telefone: Personalizado para informar o número telefônico;
  • Campo CNPJ: Personalizado para informar o CNPJ;
  • Campo CPF: Personalizado para informar o CPF;
  • Texto Longo: Apresenta características similares à caixa de texto, porém com suporte a um conteúdo maior, com mais informações;
  • Hora 24h: Campo de Hora no formato 24h;
  • Hora AM/PM: Campo de Hora no formato AM/PM;
  • Placa de Automóvel: Personalizado para informar o código de placa de automóveis;
  • Mês e Ano: Abre a opção para escolha de mês e ano.

Essa lista de formatações específicas é aberta ao clicar no ícone de seleção da parte de campo de texto. 

Lista de opções de resposta no campo de texto

Respostas personalizadas

Respostas personalizadas permitem a criação de caixas de seleção com opções que podem ser de múltipla escolha ou não.

As opções, com seus respectivos valores, podem ser inseridas uma a uma. Depois essas opções podem ser editadas ou excluídas.

Aqui também é possível importar as opções através de uma planilha. Basta fazer o download do modelo, preencher as colunas conforme indicado, salvar o arquivo em seu computador, escolher e importar para o item.

Localização do GPS e Código de barra

A localização do GPS funciona diretamente nas aplicações realizadas com o aplicativo Checklist Fácil. É um tipo de resposta que fornece a localização em tempo real do auditor que estiver fazendo as checagens de segurança do trabalho. Aqui é importante que o GPS esteja ativado no dispositivo móvel.

Já a opção de resposta Código de Barras, a câmera do dispositivo móvel é aberta e logo depois é feita a leitura do número por extenso de um código de barras, trazendo essa informação para o campo de resposta.

Como criar um checklist personalizado?

Contando com toda essa lista de possibilidades de resposta, agora é importante saber também quais os passos para criar um checklist personalizado.

Em poucos passos, você pode iniciar a criação do checklist de perguntas:

  • 1º passo: Na tela inicial, clique em configurar;
  • 2º passo: Em seguida, clique em Incluir Questionário;
  • 3º passo: Defina se ele estará ativo, qual o nome e se terá um texto explicativo;
  • 4º passo: Inclua a área na qual esse checklist deve ser utilizado. No seu caso, será a de Segurança do Trabalho;
  • 5º passo: Para inclusão de perguntas dentro da área, basta clicar em “Incluir Item”;
  • 6º passo: em “Item”, escreva a pergunta em si;
  • 7º passo: O passo seguinte é escolher qual será o tipo de resposta dada a essa questão, conforme listamos no tópico anterior.

Bônus: utilize valores para cada pergunta

Já entendeu como a opção de personalizar cada tipo de resposta para suas perguntas do checklist vai facilitar sua rotina? Mas além disso, com a Checklist Fácil, cada item pode ter um peso diferente nas perguntas que demandam uma resposta avaliativa.

Isso vai ajudar a medir o resultado final para que ele seja o mais fiel possível, de acordo com a importância de cada ponto no checklist. Para esse cálculo, é utilizada a Média Ponderada.

Funciona assim:

  • Para cada pergunta criada no checklist que recebe um tipo de resposta qualitativa, você pode definir um peso diferente;
  • Caso todos fiquem com o peso 1, cada um tem a mesma influência no resultado final de 100%;
  • A plataforma Checklist Fácil faz o cálculo baseado no número de perguntas e o peso de cada uma, encontrando o percentual que equivale dentro do total.

Para deixar claro esse processo, confira como funciona com um exemplo prático!

Exemplo de uso do peso das perguntas no checklist

Um checklist de segurança do trabalho da empresa X possui 3 perguntas que precisam ser auditadas. Todas elas são qualitativas, com opção de resposta Sim ou Não. Veja a seguir quais são elas e o peso de cada uma:

  • Todos os colaboradores estão utilizando os EPI corretamente? (Peso 5)
  • Não tem nenhum chão molhado? (Peso 2)
  • O corrimão da escada principal está bem fixado? (Peso 1)

Percebeu que a primeira pergunta possui um peso bem maior em relação às outras? Para essa empresa, contar com os EPIs é bem mais importante do que os outros itens.

Se durante a auditoria a primeira pergunta receber Não como resposta, e as questões seguintes ficarem com Sim, o resultado final da aplicação desse Checklist será de apenas 37,5%.

  • Pergunta 1 (Peso 5 ou 62,5%): Resposta Não = 0%
  • Pergunta 2 (Peso 2 ou 25%): Resposta Sim = 25%
  • Pergunta 3 (Peso 1 ou 12,5%): Resposta Sim = 12,5%
  • RESULTADO FINAL = 37,5%

Entendeu o motivo para esse percentual? Afinal, como cada peso representa uma fração do resultado total, o valor final ficou bem abaixo do ideal, mesmo com 2 das 3 perguntas recebendo Sim como resposta.

Assim, o uso dos valores vai ajudar a classificar suas checagens aliado à personalização de checklist. 

E então, já está pronto para implementar a personalização de checklist e ainda contar com a opção de incluir pesos diferentes para cada resposta? Então não perca mais tempo e peça já uma demonstração completa da plataforma Checklist Fácil!

Solicite uma demonstração do software Checklist Fácil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *