Quais as vantagens e como lucrar com a revenda de software?

Com o mercado de TI expansão e a alta procura por modernização nas empresas, a revenda de software se destaca como um modelo de negócio promissor. Saiba mais sobre parcerias comerciais nesse segmento!
Atualizado em: 26 de março de 2024
Tempo de leitura: 7 minutos

Seja pela vontade de fazer transição de carreira ou de explorar outros modelos de negócios, a revenda de software é uma oportunidade e tanto para aumentar receita e expandir a carteira de clientes.

Isso porque empresas dos mais variados segmentos estão se dando conta da importância da transformação digital e do quanto precisam modernizar seus processos para sobreviverem no mercado.

Em paralelo, as empresas de tecnologia estão em crescimento acelerado. Nos últimos dez anos, o número de empresas de TI cresceu 43% no Brasil, totalizando quase 40 mil negócios em atividade. Além disso, um estudo de 2023, realizado pela Associação Brasileira de Empresas de Software (ABES) e pela International Data Corporation (IDC), mostrou que, mesmo caindo duas posições no ranking mundial de investimentos em TI, figurando agora em 12º lugar, o Brasil lidera na América Latina com US$ 45,2 bilhões, 36% do valor aplicado em toda a região. 

Sendo assim, por fazer parte da estruturação tecnológica das empresas, não é difícil entender os impactos positivos das empresas de tech para a economia do país.

Quer entender por que a revenda de software pode ser o caminho para você crescer junto com a transformação digital nas empresas? Neste artigo, você vai conferir nossas dicas para obter sucesso na área. Boa leitura!

O que é revenda de software?

A revenda de software é um modelo de negócio que envolve a parceria entre uma empresa fabricante de software e uma pessoa física ou jurídica que fará a revenda da solução. Em geral, as próprias empresas de tecnologia possuem programas de revenda, oferecendo comissões, benefícios e suporte aos interessados.

Também chamada de parceria de software, este tipo de negócio se mostra bastante promissor em um cenário de crescimento acelerado por novas tecnologias. Segundo um estudo de 2023, realizado pela Associação Brasileira de Empresas de Software (ABES) e pela International Data Corporation (IDC), o crescimento de TI tem superado o PIB em toda a América Latina.

A mesma pesquisa apontou que o investimento em tecnologia é uma das principais iniciativas das empresas que buscam, entre outros objetivos:

  • Mais produtividade (39,8%);
  • Aprimorar produtos e serviços (34,9%);
  • Tirar proveito de dados para aumentar receita (33,7%).

Neste cenário, a revenda de software se mostra como uma oportunidade valiosa para o profissional que realiza a representação de empresas fabricantes, tamanho o mercado de atuação. Ao mesmo tempo, a empresa ganha mais força na prospecção de novos clientes e na fidelização de clientes que já usufruem de suas soluções.

Por que uma parceria comercial para revenda de software é interessante? 

Como vimos, o mercado de TI está aquecido, refletindo em uma valorização de profissionais desenvolvedores e empresas que oferecem produtos como os SaaS, ou software como serviço. Afinal, cada negócio tem suas especificidades, dores e necessidades, então, nada melhor que contar com produtos, serviços, suporte e atendimentos dedicados a eles.  

Muitas software houses conseguem entregar isso, mas enfrentam alguns desafios como a alta competitividade e dificuldade em se projetarem em um mercado que oferece tantas outras empresas do ramo.  

Por isso, parcerias comerciais entre empresas fabricantes e revendedoras de softwares pode ser uma oportunidade inteligente para um ganha-ganha em meio ao crescimento deste mercado. 

Quais as vantagens da revenda de software?

A revenda de software, quando comparada a outros tipos de revenda, apresenta vantagens consideráveis para a pessoa ou empresa que decide optar por este tipo de negócio. Entre elas:

Mercado promissor

Já falamos anteriormente, mas não custa reforçar: o mercado de softwares está em crescimento acelerado, sem previsão alguma de queda. Na verdade, pelo contrário! O Brasil tem muito o que evoluir em relação à transformação digital, ou seja, há muito trabalho a ser feito.

Investimento baixo

Além de conhecimento e domínio sobre o software e possíveis visitas aos clientes, não há muito investimento inicial nesse tipo de revenda. Por se tratar de um produto que está no digital, não é necessário espaço para estoque ou escritório em local fixo. Não é uma coincidência que a tecnologia também proporciona economia e produtividade até para quem atua nas vendas!

LEIA TAMBÉM | Afiliado digital: o que é e como gerar renda vendendo pela internet

Oportunidade de empreender

Para quem procura uma forma de ter o próprio negócio, a revenda de software pode ser um ponto de partida. Além do baixo investimento inicial e a flexibilidade de horários que facilita a rotina de quem está começando sozinho, o sucesso das vendas é o que definirá a estabilidade e o lucro mês a mês.

Aumento da receita

A revenda de software é uma boa oportunidade para quem deseja contar com uma receita extra. Afinal, a depender da proposta da empresa que oferta o software, os ganhos podem ser recorrentes e crescerem de acordo com o número de vendas fechadas.

Por exemplo, quando a remuneração do revendedor tem como base a continuidade do cliente na assinatura do software, o segredo é manter as vendas altas para que eventuais churns tenham menor impacto na receita mensal.

Ampliação do portfólio

Trabalhar representando empresas de tecnologia possibilita que o revendedor tenha um leque maior de produtos para atender negócios de diversos segmentos e portes.

A revenda de software permite ainda que o revendedor e a própria empresa alcance nichos de mercado nunca explorados pela marca.

Mas cuidado! É preciso selecionar bem os softwares que farão parte do portfólio de revenda para não perder o foco. Isso porque, para que o revendedor obtenha sucesso de verdade, será necessário dominar muito bem cada solução e no contexto em que o potencial cliente está inserido.

Redução de custos de desenvolvimento 

Ao revender software desenvolvido por terceiros, você economiza os custos associados ao desenvolvimento, teste e manutenção do software, o que pode ser especialmente relevante para empresas de menor porte.

Experiência e conhecimento do mercado 

Parceiros já estabelecidos no mercado de software podem oferecer insights valiosos sobre tendências, preferências do cliente e estratégias de vendas eficazes. Além disso, associar-se a marcas e produtos respeitáveis pode elevar a credibilidade da sua empresa no mercado, gerando confiança nos olhos dos clientes. 

Como tornar sua empresa uma parceira comercial para revenda de softwares? 

Tornar a sua empresa uma revendedora de software pode ser uma excelente oportunidade de negócio para aumentar a receita e abrir ainda mais o leque de produtos no portfólio. Mas, antes de escolher ou propor uma parceria comercial para revenda de software, siga nossas dicas:  

Escolha um nicho ou segmento 

Após conhecer melhor o mercado e suas demandas, determine em qual segmento ou nicho você deseja focar. Pode ser, por exemplo, software de gestão, soluções de segurança cibernética, aplicativos de produtividade, entre outros. 

Dentro no nicho ou segmento escolhido, faça uma boa pesquisa de empresas fabricantes de soluções que façam sentido com o público que você gostaria de trabalhar. É comum que as empresas de tecnologia já possuam programas de parceria, mas não hesite em entrar em contato para propor acordos de revenda ou parcerias comerciais com elas. 

Dedique-se, estude e prepare sua equipe 

Se necessário, participe de treinamentos oferecidos pelos fornecedores para entender completamente o software que está revendendo. Algumas empresas podem até oferecer certificações para quem deseja revender seus produtos.  

Desenvolva estratégias de marketing e vendas 

Elabore estratégias para promover e vender o software. Isso pode incluir estratégias de marketing digital, participação em eventos da indústria e desenvolvimento de materiais de vendas. Considere se será benéfico desenvolver uma plataforma online para facilitar as vendas e gerenciar transações. 

Além disso, garanta também que sua empresa tenha um plano de suporte ao cliente eficiente. Isso é essencial para manter os clientes satisfeitos e solucionar quaisquer problemas que possam surgir. 

Acompanhe os resultados 

Monitore o desempenho das vendas e obtenha feedback dos clientes. Use essas informações para fazer ajustes em sua estratégia conforme necessário. 

Como escolher um software para revenda?

Para que a revenda de software seja um sucesso e proporcione os benefícios que citamos anteriormente, é necessário que o interessado neste modelo de negócio siga alguns passos importantes antes de escolher participar de qualquer programa de parceiros. Acompanhe:

Tenha visão de mercado e do público-alvo

Antes de iniciar qualquer tipo de negócio, o ideal é começar tendo noção do mercado que você pretende atuar e quais as dores seu portfólio de produtos pode ajudar a solucionar.

Portanto, estude sua região e possíveis segmentos de atuação antes de escolher um programa de revenda. Observe as dores, busque saber o que as empresas precisam e quais softwares disponíveis no mercado melhor atendem essas necessidades.

Analise a concorrência

A análise de concorrência serve tanto para identificar o que outros revendedores oferecem ou deixam de oferecer em seus portfólios, quanto para conhecer os softwares já existentes no mercado para determinada função ou segmento.

Portanto, não deixe se fazer uma boa análise do seu ramo de atuação para atuar de forma estratégica com a revenda do software escolhido.

Observe prós e contras de cada programa de parceiros

Depois de refinar sua busca por softwares para compor seu portfólio, analise a proposta dos programas de parceiros da empresa. Porcentagem de comissão, treinamentos, suporte técnico e forma de implementação são alguns dos pontos que merecem atenção na hora de fazer a inscrição em um desses programas.

Pesquise sobre as empresas e seus softwares

Outro ponto crucial na escolha de um software para o seu portfólio de revenda é conhecer as empresas e seus produtos.

Pesquise informações sobre a reputação da empresa e o que os usuários falam dos softwares que elas oferecem. Dê atenção àqueles que são mais completos e que permitem integração com outros sistemas.

Outro ponto importante é considerar o que cada empresa oferece aos clientes, como suporte técnico, materiais educativos, rápida resolução de problemas, personalizações, entre outros.

Por fim, dê preferência àquelas empresas que já são referências no mercado, ou seja, que já têm nome, autoridade e qualidade conhecidos.

Lucre ao indicar, promover ou vender o Checklist Fácil

Falamos até aqui sobre as vantagens da revenda de software e como ela pode ser uma oportunidade de negócio interessante para quem deseja gerar receita e crescer em um mercado promissor como o da tecnologia.

E, falando em mercado promissor, nós da Checklist Fácil contamos com um Programa de Canais e Parcerias para indicações e revenda da nossa solução, o software de checklists digitais líder de mercado na América Latina.

O Checklist Fácil é um software para empresas que utilizam checklists e planos de ação em auditorias ou inspeções de processos, lojas, fábricas, veículos, pessoas, equipamentos e ambientes. Já são mais de:

  • 45 milhões de checklists aplicados;
  • Mais de 210 mil usuários ativos;
  • E mais de 1.400 empresas espalhadas por 14 países do mundo.

Queremos ampliar ainda mais nossa presença no mercado e transformar os processos de checagem, garantindo eficiência operacional às empresas. E você pode participar de tudo isso!

Ao aderir ao programa de parceria, você ou sua empresa terão acesso às melhores práticas de mercado relacionadas a formulários digitais, ganhos financeiros e muito outros benefícios.

Conte com a expertise e o suporte da Checklist Fácil para lucrar e gerar ótimos resultados com um negócio de rápida operacionalização. Conheça nosso Programa de Canais e Parcerias agora mesmo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ideal para o seu negócio!

Categorias

Assine nossa newsletter e acesse, em primeira
mão, conteúdos relevantes para o seu negócio.

25 de Abril | 16h | ao vivo

Boas Práticas
de SST:

Como zerar acidentes e criar processos eficientes de segurança