Aprenda a aplicar a gestão da qualidade 4.0 de forma estratégica

Aplicar novas tecnologias é fundamental. Entretanto, é com a gestão da qualidade 4.0 que esse processo se torna mais estratégico, oferecendo melhores resultados. Saiba tudo sobre ela agora.

Tempo de leitura: 7 minutos
Responsáveis pela gestão da qualidade 4.0 atuando na indústria

Você já ouviu falar na gestão da qualidade 4.0? Essa é uma das práticas que vem se tornando cada vez mais necessárias nesse cenário de transformações digitais que as indústrias e organizações estão vivendo.

Esse conceito se relaciona com o de gestão 4.0 que, por sua vez, se traduz em um processo de administração com maior convergência de tecnologia. Além disso, essas questões ganham ainda mais importância para o controle de processos no atual contexto da 4ª Revolução Industrial.

Por isso, hoje vamos nos dedicar na explicação da gestão da qualidade 4.0. Vamos falar dos seus benefícios, das ferramentas mais usadas e apresentar uma estratégia de aplicação. Assim, nos acompanhe na leitura para saber tudo sobre a temática!

O que significa gestão da qualidade 4.0?

Antes de mais nada, é importante falar sobre a qualidade 4.0. Ela é uma estratégia que busca aplicar as novas tecnologias nos atuais processos de qualidade que indústrias, fábricas e outras organizações praticam. Dessa forma, o objetivo é alcançar melhores resultados em termos de produção.

Os processos de trabalho estão se atualizando cada vez mais rápido. Assim, não é mais possível contar com estratégias defasadas. Portanto, a gestão da qualidade 4.0 consiste, justamente, em gerenciar métodos e recursos com intuito de: 

  • Identificar práticas que podem ser otimizadas;
  • Automatizar processos;
  • Integrar as ferramentas tecnológicas;
  • Atingir melhores níveis de produtividade e qualidade.

No mundo como um todos, essas transformações vêm acontecendo em um ritmo acelerado. Dessa maneira, é indispensável entender como esse cenário se desenvolve, especialmente quando falamos sobre a indústria 4.0.

O processo de digitalização não vai conseguir mudar o patamar de uma organização sozinho. Caso ele seja aplicado sem planejamento, então, os impactos negativos podem superar os positivos.

Por isso, é preciso de organização para tirar o máximo dessas tecnologias da forma mais estratégica possível. Dessa forma, é exatamente nesse cenário que a qualidade 4.0 ganha seu destaque.

Quais benefícios a gestão da qualidade 4.0 oferece?

A prática da gestão da qualidade 4.0 traz inúmeros benefícios para indústrias, fábricas, empresas e demais organizações. Isso porque ela estrutura boas práticas que vão desde os modelos de produção até o atendimento ao cliente.

Por isso, é preciso aplicar de forma estratégica e seguindo um planejamento prévio. Dessa forma, é possível atingir:

Aumento na qualidade dos produtos

Essa prática vai permitir que a indústria consiga estruturar melhor seus processos de controle de qualidade. Isso se justifica pelo fato de que se criam metodologias mais efetivas de monitoramento e avaliação de produtos.

Logo, é possível identificar rapidamente se algo está fora dos padrões que a organização tem como meta. Além disso, a empresa também consegue ter tempo hábil para tomar decisões inteligentes de maneira ágil.

Com isso, todo o procedimento fica mais eficaz e assertivo. A empresa consegue, portanto, otimizar suas atividades e realizar melhores entregas aos consumidores.

Melhores avaliações dos clientes

A gestão da qualidade 4.0 também vai atuar para alcançar melhores níveis de satisfação dos clientes. Além deles conseguirem adquirir produtos com mais qualidade, esse processo vai permitir que se crie um canal aberto de diálogo entre as duas partes.

Assim, é possível entender as demandas e identificar pontos de melhoria. Com isso, a empresa consegue atuar rapidamente em otimizações nos seus processos de produção.

Outro ponto de destaque é que um bom serviço de atendimento ao consumidor é uma estratégia fundamental para atrair e fidelizar clientes. Dessa forma, a gestão da qualidade também permite aprimorar as atividades desse setor.

Melhora nos níveis de produtividade da equipe

Essa atividade vai ajudar na organização de uma infraestrutura tecnológica, possibilitando a integração e automatização de vários setores. 

Dessa forma, as chances de retrabalho são minimizadas. Consequentemente, as empresas conseguem aplicar melhor seus recursos para as áreas necessárias. Criando, assim, posições mais estratégicas para os colaboradores.

Além disso, com essa estrutura, é possível antecipar eventuais erros ou falhas. Dessa maneira, a organização aplica sua gestão de não conformidades de forma eficiente.

Redução de custos de produção

Já imaginou aumentar sua produtividade e, de quebra, conseguir reduzir custos? Com a gestão da qualidade 4.0 essa meta é possível.

A atividade vai permitir:

  • Agir preventivamente na resolução de problemas;
  • Desenvolver sistemas automatizados e confiáveis;
  • Redução de perdas na produção.

Dessa forma, esses pontos vão fazer com que a indústria 4.0 consiga produzir mais, melhor e gastando menos.

Mais facilidade com a gestão de processos 

Processos claros e bem definidos são elementos-chave em qualquer tipo de organização. Na indústria, essa realidade não é diferente.

Por isso, a gestão da qualidade 4.0 contribui para atingir essa meta. Com ela, é mais fácil ter uma visão macro dos processos e, consequentemente, desenhar estratégias para atingir uma padronização.

Assim, você consegue monitorar e avaliar os detalhes mais relevantes para o seu tipo de organização.

Maior integração entre diferentes setores

Com a automação e otimização de vários processos, cria-se uma integração maior entre as equipes. Isso se justifica pelo fato de que essa clareza na gestão vai possibilitar uma melhor comunicação interna.

Qual o papel da gestão da qualidade na indústria 4.0?

Os processos de qualidade são uma boa prática na indústria. Esse tipo de controle é fundamental para que seja possível avaliar e monitorar processos organizacionais.

Dessa forma, é possível garantir uma melhor produtividade da equipe e maiores níveis de satisfação do cliente. 

Entretanto, com a evolução da tecnologia e os impactos disso na indústria, o controle de qualidade também é uma área que precisa de atualizações. Assim, a qualidade 4.0 surge para trazer a tecnologia para essa atividade.

A indústria tem sido um dos setores que mais tem investido em modernização. Inclusive, esse é um dos motivos pelos quais consideramos estarmos na “Quarta Revolução Industrial”.

Entretanto, o Brasil ainda se encontra em um ritmo mais lento, se comparado aos países desenvolvidos. Por isso, a prática da gestão da qualidade na indústria 4.0 é imprescindível.

É com ela que essas empresas conseguem otimizar os seus recursos para melhorar a produtividade. Dessa forma, mesmo que o ambiente ainda não esteja totalmente automatizado tecnologicamente, já há uma estrutura eficiente à disposição.

Assim, a gestão da qualidade 4.0 vai criar os processos e estabelecer a estrutura para as modernizações. Dessa maneira, as indústrias conseguem dar os próximos passos de forma estratégica em seu crescimento.

Quais áreas da indústria estão mudando?

A digitalização tem sido o fio condutor das mudanças nas indústrias e fábricas ao redor do mundo. Dessa forma, muitas das antigas práticas têm se atualizado para atender às novas demandas do mercado e os padrões do consumidor. 

A cada ano que passa, várias inovações impactam e atualizam os processos de produção. A tecnologia está servindo para otimizar todo o funcionamento dos sistemas das empresas, tornando antigos padrões obsoletos.

Dessa forma, novos modelos de produção surgem de forma rápida e cada vez mais disruptiva. Assim, não acompanhar alguma dessas fases pode deixar uma indústria já para trás em relação ao que o mercado pede.

Além disso, as máquinas estão cada vez mais inteligentes. Hoje, elas já são capazes de gerar dados em tempo real e operar praticamente sozinhas.

Dessa forma, também é preciso contar com estruturas que possam comportar e, principalmente, processar todas essas informações. Assim, os gestores e os demais membros da equipe conseguem promover atualizações instantâneas sobre a produção.

Quais os passos necessários para aplicar a gestão da qualidade 4.0?

Bom, agora que você já sabe os benefícios da gestão da qualidade 4.0, nada mais justo que explicarmos como aplicá-la.

Pensando nisso, separamos 5 pontos fundamentais para nortear esse processo. É importante destacar que aplicar de forma estratégica e, principalmente, alinhada com a sua realidade é imprescindível para o sucesso.

1. Tenha processos claros e transparentes

A gestão da qualidade se baseia em processos. Por isso, para implantá-la de forma estratégica na indústria 4.0, é preciso que eles sejam claros e transparentes.

Para que isso seja possível, deve existir um pleno entendimento sobre como funciona a cadeia de produção do negócio. Assim, se monta o planejamento de otimização necessário para cada área.

Além disso, é importante promover o engajamento de todos os membros da equipe, deixando-os cientes desses processos. Assim, fica mais fácil para eles compreender seu papel na organização.

2. Automatize o que for necessário

A indústria 4.0 se fundamenta fortemente na automação. Por isso, um importante passo na gestão de qualidade 4.0 está na estruturação dessas tecnologias.

Com isso, a empresa consegue acelerar suas produções minimizando a quantidade de erros. Além disso, como já mostramos, essa parte também atua para reduzir custos.

Outro ponto fundamental é que essas automações vão possibilitar uma melhor alocação dos seus colaboradores. Garantindo, assim, uma otimização da produtividade.

3. Defina indicadores de desempenho

Números são fundamentais para todo tipo de processo de gestão. São eles quem vão possibilitar a avaliação dos serviços e destacar os pontos de melhoria. 

Caso não exista uma definição de métricas, tanto de qualidade quanto de desempenho, não há como ter convicção se os processos estão se desenvolvendo bem. 

Por isso, é importante definir indicadores claros. Com eles, você terá uma base para comparar a evolução dos seus serviços e monitorar os seus processos.

4. Utilize os dados para suas decisões

Os indicadores de desempenho também vão funcionar para o 4º passo: usar dados para o processo de decisão.

Assim como no item anterior, os números são imprescindíveis para facilitar o trabalho dos gestores. Eles vão fornecer informações relevantes sobre o que está funcionando e quais as áreas da indústria estão demandando maior atenção.

Por isso, para que a gestão da qualidade 4.0 desempenhe esse papel estratégico, é essencial tomar decisões baseadas na realidade e nas métricas do negócio.

5. Invista em melhorias contínuas

A gestão da qualidade 4.0 não é um processo que deve chegar ao fim. É preciso de investimentos constantes para continuar identificando pontos de melhoria. Com isso, a empresa:

  • Continua atualizada em relação às novidades do mercado;
  • Mantém elevados níveis de produtividade;
  • Evita colocar em prática estratégias obsoletas.

Por isso, é importante continuar monitorando e avaliando os processos regularmente. Nesse cenário, realizar auditorias internas frequentemente é essencial para identificar situações que não estão de acordo com os padrões de qualidade.

Quais as principais tecnologias utilizadas nessa atividade?

Como ficou claro, a gestão de qualidade 4.0 é um processo que se ampara fortemente nas novas tecnologias. Por isso, vamos apresentar algumas das principais.

Blockchain 

Essa ferramenta, que ganhou destaque no mercado financeiro, logo vai se inserindo em novos setores. O Blockchain é uma tecnologia que:

  • Garante maior confiabilidade no registro de dados;
  • Possibilita alcançar melhores níveis de transparência nos processos;
  • Facilita auditorias;
  • Monitorar todo o processo de qualidade

Big data

O Big Data também vem revolucionando a produção e análise de dados em todo o mundo. Assim, ele garante diversas vantagens competitivas para a indústria e otimiza o processo de gestão da qualidade 4.0.

Com ele, é possível criar, estruturar e monitorar grandes bancos de informação de forma mais rápida. Além disso, garante uma maior agilidade para a empresa.

Checklist Fácil

O checklist online é uma ferramenta fundamental para auxiliar e otimizar todo o processo de gestão da qualidade 4.0. Nele, podem ser criadas listas que vão orientar e agilizar todo progresso das avaliações.

Com o software da Checklist Fácil, os gestores podem desenvolver documentos personalizados para cada setor, destacando suas respectivas características. Para a gestão de qualidade 4.0 é possível monitorar e padronizar todo o desenvolvimento dos processos. 

Dessa forma, se mantém altos níveis de produtividade, garantindo que os indicadores de desempenho sejam atingidos. De maneira similar, ao encontrar pontos de melhoria, já é possível encaminhar a demanda direto para o setor responsável, ganhando agilidade na resolução.

Além disso, por ser totalmente online, a ferramenta vai permitir atualizações em tempo real de qualquer dispositivo, otimizando a gestão de tempo. 

Uma das suas funcionalidades que merece destaque é o checklist por imagem, que possibilita avaliações visuais de evidências – indispensável para quem deseja obter altos índices de qualidade nos produtos.

E aí, quer saber mais? Então agende uma demonstração gratuita do Checklist Fácil e entenda os seus impactos na gestão da qualidade 4.0 no seu negócio.

Especialista em Produto em Checklist Fácil
Especialista na solução Checklist Fácil, procuro colocar em cada conteúdo minha experiência e conhecimento. Assim, ajudo as empresas e seus colaboradores a terem mais qualidade e eficiência no trabalho.
Luciana Silva

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *