Conheça as principais certificações ambientais e como obtê-las

Sustentabilidade é um tema em alta no mundo corporativo, visto como uma forma de proteger o meio ambiente, se diferenciar no mercado e abrir novas portas.
Atualizado em: 25 de julho de 2023
Tempo de leitura: 5 minutos

Sustentabilidade é um tema em alta no mundo corporativo. Muitas empresas estão repensando seus métodos de produção e buscando novos modelos de desenvolvimento ecologicamente corretos. Nesse cenário, organizações sem certificação ambiental podem perder a oportunidade de se destacar no mercado como uma marca sustentável.

Aliás, segundo pesquisa feita pelo Institute for Business Value (IBV), 84% dos consumidores valorizam a sustentabilidade. Isso mostra que as iniciativas verdes são importantes como estratégia de negócios. 

Pensando nisso, elaboramos uma lista com as 12 certificações ambientais mais importantes e o que fazer para obtê-las. Então, se você quer saber qual o melhor selo para o seu negócio, continue lendo este artigo. 

O que são os selos de certificação ambiental?

A certificação ambiental é um selo conferido às organizações que atendem a determinados critérios de sustentabilidade e meio ambiente. Existem várias instituições que são habilitadas para atribuir este selo, porém, cada uma tem os seus próprios parâmetros e regras.

O principal objetivo desses selos é mostrar ao mercado e à sociedade que a organização está comprometida com práticas sustentáveis. Além disso, eles desempenham um papel importante na conscientização de questões como redução do impacto ambiental e justiça social.

Por que é importante obter certificações ambientais?

Existem muitas razões pelas quais uma organização deve se preocupar em ter certificações ambientais. Conheça as principais: 

  • Melhoria na reputação da marca com clientes, mercado e sociedade no geral;
  • Contribuição na construção de um futuro sustentável para as novas gerações;
  • Incentivo a outras empresas para a adoção de medidas verdes; 
  • Oportunidade de contribuir com o bem-estar da população;
  • Acesso a novos mercados e clientes, pois muitos consumidores dão preferência a marcas sustentáveis;
  • As práticas adotadas podem contribuir para a eficiência operacional da empresa, tornando-a mais produtiva e econômica;
  • As certificações podem ajudar negócios a identificar e eliminar riscos ambientais, evitando multas, acidentes e outras ameaças.

12 principais selos de certificações ambientais para as empresas

Há diversos tipos de certificação ambiental, mas os principais são:

1- ISO 14001

A certificação ambiental ISO 14001 estabelece padrões para a gestão ambiental, auxiliando as empresas a identificar, controlar e reduzir seu impacto na natureza e promover a sustentabilidade em suas operações.

LEIA MAIS | O que é Certificação ISO? Veja 6 passos para obter na sua empresa

2- Selo FSC

O reconhecimento FSC é concedido a produtos originários de florestas manejadas de forma responsável, como madeira e papel. Ele atesta que os itens atendem a padrões ecológicos, sociais e econômicos estabelecidos.

3- Carbono Neutro

O selo carbono neutro é uma certificação ambiental internacional concedida a organizações que adotam medidas visando compensar suas emissões de carbono. Geralmente, isso envolve o uso de energias renováveis, investimentos e outras ações.

4- LEED

O LEED é um sistema de gestão ambiental e certificação responsável pelo reconhecimento de edifícios sustentáveis. Ele avalia a eficiência dos recursos, o uso de materiais sustentáveis, a qualidade do ar interno e outras práticas ecológicas no projeto.

5- Rainforest Alliance

A Rainforest Alliance estimula práticas agrícolas sustentáveis e comprometidas. Ela é destinada a instituições que sigam os critérios de preservação da biodiversidade, proteção dos direitos trabalhistas e desenvolvimento das comunidades locais.

6- Selo Aqua

O selo Aqua é destinado a produtos e serviços que promovem a conservação da água. Assim sendo, o Aqua identifica itens produzidos com baixo consumo de água ou que possuem tecnologias focadas em seu reuso.

7- Rótulo Ecológico ABNT

O Rótulo Ecológico ABNT é um selo brasileiro que atesta menor dano ao meio ambiente em relação aos concorrentes do mesmo setor. Ele leva em consideração critérios como eficiência energética e reciclagem, por exemplo.

8- ESG

O ESG é uma abordagem que avalia o desempenho das empresas em relação a critérios ambientais, sociais e de governança. Embora não seja um selo específico, ele possui grande respeito no mercado.

Você sabia que que 61% dos brasileiros consideram insuficientes os esforços das empresas em relação à ESG? Acesse nosso conteúdo gratuito e descubra por que as práticas sustentáveis já deveriam ser uma prioridade na sua empresa.



Para mais esclarecimentos sobre o tratamento de seus dados pessoais, leia nosso Aviso de Privacidade.

9- Renovabio

O Renovabio incentiva e certifica empresas brasileiras pela produção e uso de biocombustíveis avançados. Seu foco é na redução da emissão dos gases poluentes no setor de transportes. 

10- Procel

O selo Procel é uma certificação ambiental no Brasil destinada a produtos eletroeletrônicos com alto nível de eficiência energética. Desse modo, o selo ajuda os consumidores a identificar os aparelhos mais eficientes e econômicos.

11- IBD

O selo IBD garante que os produtos certificados foram produzidos de acordo com os princípios da agricultura orgânica, levando em consideração a redução dos impactos ambientais, o bem-estar animal e a saúde do consumidor.

12- Ecocert

Ecocert é uma empresa francesa, conhecida por oferecer certificações para diversos produtos, incluindo alimentos orgânicos, cosméticos naturais e itens de limpeza ecológicos, por exemplo.

Como obter certificação ambiental?

Como você pode ver, existem várias certificações ambientais e cada uma possui suas próprias regras para emissão. 

Assim, se você deseja certificar ambientalmente seu negócio, o primeiro passo é escolher o selo ideal, entender como ele funciona e quais são seus requisitos e critérios.

Em seguida, promova uma avaliação da situação atual de sua empresa para definir o melhor plano de ação. Depois disso, você precisa implementar as mudanças necessárias para obter a certificação. Isso inclui, por exemplo, criar diretrizes ambientais, conscientizar a equipe de trabalho, gerir resíduos e estimular a eficiência energética. 

Feito isso, faça uma auditoria interna para garantir que tudo esteja funcionando como deveria. Quaisquer desvios encontrados devem ser corrigidos prontamente.

Ao atuar de acordo com os padrões do selo escolhido, a organização pode entrar em contato com o órgão emissor para solicitar uma auditoria de certificação ambiental. Se tudo estiver correto, o certificado será emitido e enviado ao requerente.

Como manter o selo de certificação ambiental?

Buscar uma economia sustentável está provando ser o futuro do mercado. Cada vez mais as empresas estão atentas aos danos ambientais causados ​​por suas atividades e entendem como isso pode prejudicar seus resultados. Nesse contexto, a obtenção de um selo ecológico melhora a imagem dos negócios e os ajudam a atingir seus objetivos mais rapidamente.

Todavia, as gestões precisam entender que, uma vez que se obtém um selo, ele precisa se manter, ou seja, a empresa deve melhorar seus processos continuamente se não quiser perder a certificação.

E como fazer isso? Por meio de auditorias e checagens periódicas para garantir que todas as atividades, estejam sempre em conformidade com as regras pelas quais a empresa obteve o selo ambiental.

Por isso, não custa frisar: selos ambientais não são meros acessórios só para que a empresa se destaque no mercado. É importante que diminuição dos impactos ambientais e sociais façam parte do DNA e da estratégia do negócio.

Do mesmo modo, monitorar e melhorar práticas sustentáveis deve se tornar uma rotina da empresa. Para isso, auditorias internas, inspeções e outros tipos de checagem precisam ser procedimentos práticos, precisos e confiáveis. E, convenhamos, nada disso é possível utilizando pranchetas com papéis e mil planilhas para compilação de dados, não é verdade?

Digitalizando a coleta de dados, fica muito mais fácil identificar não conformidades e suas recorrências, ou mesmo criar planos de ação e tomar decisões rápidas para corrigi-las.

O Checklist Fácil é líder em checklists digitais na América Latina, com mais de 1.400 clientes no mundo todo. E o que eles têm em comum? Eficiência operacional e melhora em indicadores importantes como produtividade, sustentabilidade, segurança do trabalho, entre outros.

O Checklist fácil também é uma tecnologia que auxilia as empresas na conquista de certificações ambientais. Faça o teste grátis e comprove!



Para mais esclarecimentos sobre o tratamento de seus dados pessoais, leia nosso Aviso de Privacidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ideal para o seu negócio!

Categorias

Assine nossa newsletter e acesse, em primeira
mão, conteúdos relevantes para o seu negócio.

25 de Abril | 16h | ao vivo

Boas Práticas
de SST:

Como zerar acidentes e criar processos eficientes de segurança