4 dicas para implementar controle de perdas em segurança do trabalho

Otimize a gestão de EPIs e pessoas, previna acidentes e minimize danos com ações estruturadas para controle de perdas em segurança do trabalho.
Atualizado em: 21 de março de 2022
Tempo de leitura: 7 minutos

O controle de perdas nada mais é que o esforço de redução ou eliminação de riscos que ocasionam perdas aos quais a empresa está exposta. É por isso que, hoje, já existe o controle de perdas em segurança no trabalho, isto é, essa mesma atividade voltada à saúde e segurança das pessoas colaboradoras.

Trata-se, portanto, da gestão de ocorrência inesperadas que interrompem ou interferem o processo natural de qualquer atividade, que podem ocasionar perda de tempo, lesões ou danos nos trabalhadores.

Apesar da sua inegável relevância, esse ainda é um conceito pouco discutido no ambiente empresarial, seja no comércio ou na indústria. Por isso, trouxemos aqui as melhores técnicas para controle de perdas em segurança no trabalho, bem como a ferramenta certa para gerenciar essa tarefa!

Qual a importância do controle de perdas em segurança do trabalho?

O controle de perdas em segurança no trabalho é relevante por inúmeros motivos. O mais claro é o resguardo à saúde e à integridade física do trabalhador. Afinal, dependendo da atividade exercida, mesmo a sua vida pode estar em risco caso não siga os parâmetros corretos de segurança estabelecidos por Normas Regulamentadoras.

Em segundo lugar, há o desperdício de recursos e prejuízos materiais, como é o caso de perdas ou mesmo danos aos EPIs (equipamentos de proteção individual), ocasionados por mau uso ou até falta de controle no estoque, acarretando em substituições e seus respectivos gastos.

Mas os custos não param por aí. Dependendo da gravidade do acidente, a empresa deve providenciar os primeiros socorros, isso inclui o transporte do acidentado. Há também o gasto com os primeiros 15 dias de afastamento, uma vez que passa a ser responsabilidade do INSS somente 15 dias após o afastamento.

Nesse período, apesar do custo, não há mão de obra. Então, é preciso pensar no tempo perdido que poderia ser utilizado para produção. Ainda que seja feita uma substituição, há também os custos de remuneração dessa pessoa.

Por fim, mas não menos importante, existem os danos imateriais, ou seja, o quanto a falta de segurança no ambiente empresarial impacta o clima organizacional, afetando a qualidade de vida no trabalho e a motivação dos funcionários.

Mesmo clientes, parceiros e fornecedores podem ser afetados pela falta de gestão em perdas sobre segurança. Afinal, o próprio mercado responde mal quando uma empresa não está comprometida com o bem-estar de um de seus ativos mais importantes: o capital humano.

Como prevenir perdas em segurança do trabalho

Se você já possui um comité de segurança no trabalho, o desafio fica mais simples. Afinal, são esses profissionais que irão planejar, em conjunto com o time de prevenção de perdas, as melhores práticas para evitar extravio e danos nos equipamentos e com o próprio trabalhador.

Para isso, a equipe pode recorrer a técnicas já conhecidas na gestão de qualidade ou mesmo segurança do trabalho, por exemplo:

1. Análise de riscos

Pode-se utilizar algumas técnicas comprovadas para prever falhas e acidentes, bem como minimizar suas consequências e auxiliar na criação de planos de emergência, especialmente em linhas de produção.

São metodologias sistemáticas que visam a identificação e avaliação de riscos, considerando todas as possíveis causas de acidentes de trabalho com danos ao trabalhador, à propriedade, ao ambiente ou mesmo danos financeiros.

Algumas das principais são:

  • APR: Análise Preliminar de Riscos;
  • AMFE: Análise de Modos de Falha e Efeitos;
  • AAF: Análise de Árvore de Falhas;
  • Estudo de Operabilidade e Riscos.

2. Ciclo PDCA

Trata-se de uma ferramenta de gerenciamento que promove melhorias contínuas em processos operacionais. Seu objetivo não é somente entender como surge um problema, mas sim estabelecer práticas que determinem a solução ideal para mitigá-lo.

É por isso que o ciclo PDCA tem foco maior nas causas e não somente nas consequências de uma ação, o que contribui bastante para análise de cenário de controle de perdas em segurança do trabalho.

Assim que a oportunidade de melhoria é identificada, são implementadas ações que promovem a mudança no ambiente empresarial. Isso torna perdas e acidentes mais difíceis de acontecer, uma vez que há uma antecipação de situações alarmantes.

O ciclo PDCA ocorre em uma sequência de passos, fundamentados em:

  • P (plan): estabelecimento das diretrizes para todos os níveis gerenciais;
  • D (do): execução das medidas prioritárias e suficiente;
  • C (check): verificação dos resultados e do grau de avanço das medidas;
  • A (act): reflexão sobre a diferença entre as metas e os resultados alcançados, determinação das causas deste desvio e recomendações de medidas corretivas ou contramedidas

3. Programa de controle total de perdas

Outra possibilidade para a gestão de prevenção de perdas em segurança do trabalho é a implementação de um programa de controle, idealizado para a eliminação de todas as fontes de interrupção do processo de produção, seja uma lesão, dano à propriedade, incêndio, explosão, roubo, vandalismo, sabotagem, poluição da água, do ar e do solo, doença ocupacional ou defeito do produto.

Esse programa pode ser estabelecido por meio de 3 passos:

  1. Estabelecimento do perfil dos programas de prevenção existentes;
  2. Determinação das Prioridades;
  3. Elaboração dos planos de ação.

4. Checklists para organizar processos e prevenir perdas

Mesmo em um mundo conectado, ainda há empresas dos mais variados tamanhos que se apoiam em planilhas manuais, seja pelo papel ou por meio do Excel, para concluir processos. Isso acarreta em algumas problemáticas, como a falta de integração de dados entre áreas, bem como a padronização de processos.

Tudo isso gera lentidão, erros humanos e retrabalhos. A perda de informações e a pouca exatidão têm consequências na própria gestão. Dessa maneira, fica muito mais difícil tomar decisões assertivas, a partir de dados confiáveis e relatórios gerados com exatidão.

A competitividade também é afetada, uma vez que processos lentos deixam a sua empresa para trás no mercado e com menor capacidade produtiva.

Fazer checklists digitais para cumprir tarefas relacionadas à prevenção e controle de perdas em segurança do trabalho é também uma forma de diminuir riscos e aumentar a produtividade.

Para usar um checklist digital no controle de perdas em saúde e segurança do trabalho, é preciso, primeiramente:

  • Definir o que será checado;
  • Identificar qual processo será utilizado;
  • Verificar o que será preciso para cumprir as etapas.

Tudo isso será importante na criação de processos e metas voltados à diminuição de perdas, bem como gestão de resultados, como veremos adiante.

Como os checklists digitais podem ajudar no controle de perdas em segurança do trabalho?

O controle e a prevenção de perdas em segurança do trabalho envolve uma série de dados relevantes para tomadas de decisões e planos de ação em busca de minimizar ou eliminar riscos e prejuízos.

Para que estas ações ocorram de forma ágil e de forma assertiva, os checklists digitais são ferramentas que ajudam na coleta, segurança e consulta destes dados, tornando muito mais fácil a identificação de gargalos e pontos de atenção, antecipando possíveis perdas em relação à segurança do trabalho.

Veja as vantagens de utilizar checklists digitais nesse processo:

Elaboração de inventários detalhados

É uma medida que ajuda na identificação e causas das perdas que aconteceram, solucionando-as de forma muito mais simples. Inventários trimestrais, por exemplo, são ideais para o controle de EPIs e demais equipamentos, máquinas e recursos relacionados à propriedade da empresa.

O checklist digital automatiza esse por meio de programas de coleta de dados, que facilitam o controle de estoque. Assim, você poderá armazená-los de maneira mais inteligente, facilitando análises posteriores.

Otimização de custos e gestão de gastos com EPIs

Com o Checklist Fácil, é possível centralizar o lançamento de notas fiscais de compra, que é feito diretamente no sistema. Ou seja, há a vantagem da conferência de impostos e preços, permitindo a liberação da guia-cega.

Com o sistema, essa rotina é simplificada, uma vez que ela relaciona e cruza informações, favorecendo a conferência individual de todos os itens. Há minimização das perdas financeiras e os equipamentos são disponibilizados e controlados de forma mais assertiva.

Centralização de dados e extração de relatórios

Como falamos no item anterior, cruzar informações e gerar relatórios gerenciais é imprescindível para minimização de perdas no controle de equipamentos.

Mas isso também é possível de ser aplicado à gestão de processos e até de pessoas. Assim, o time responsável pela prevenção pode identificar motivos de perdas, riscos operacionais, acidentes ou danos que se repetem. Tudo isso com a possibilidade de acompanhar ações contínuas, com vigilância permanente.

Para isso, é preciso que a empresa tenha indicadores de desempenho claros para a área, que também utilizará o checklist digital para a aplicação de auditorias e inspeções de segurança, em verificação aos programas que forem implementados e devem ser seguidos por todos no combate a danos e acidentes.

Aplicação de pesquisas de satisfação

A prevenção e controle de perdas em segurança do trabalho também é uma ação de atenção às necessidades dos colaboradores. É preciso olhar para os aspectos de saúde e prevenção de doenças ocupacionais, além de aspectos culturais da organização que também possam impactar a produtividade e gerar perdas por afastamentos.

A aplicação de pesquisas de satisfação junto dos colaboradores é uma alternativa positiva para esse fim. Ela também é uma forma de reter talentos da sua empresa e de o RH compreender as necessidades dos funcionários por meio de feedbacks do que acontece no cotidiano e nem sempre é fácil de ser visualizado pelos gestores.

A aplicação de pesquisas personalizadas por meio do checklist digital é mais uma forma de ganhar tempo e eficiência, garantindo, por meio dela, condições seguras de trabalho para todos.

Por que utilizar o Checklist Fácil no controle de perdas em segurança do trabalho?

Como vimos, garantir tecnologia a inovação para dentro da sua empresa só traz benefícios a longo prazo, otimizando ações internas e facilitando o dia a dia. Tudo isso gera tempo para os times e reduz os desperdícios.

Com dados atualizados automaticamente, a diretoria também sai ganhando. Ela pode verificar em tempo real tudo o que acontece na operação, a fim de tomar as melhores decisões para o negócio. Tudo isso sem tomar dias inteiros para a criação de relatórios completos, ou mesmo fazer o levantamento de informações.

É assim que os programas de melhorias contínuas podem ser implementados. As auditorias, inspeções, pesquisas de satisfação, conferências de estoque e todos os planos de ação são automatizados.

E para que haja aderência dessa tecnologia por toda a equipe e essas implementações se tornarem sucesso na companhia, o sistema precisa ser prático e intuitivo, de forma que o registro e análise de rotinas não seja confuso ou trabalhoso.

Todas essas são vantagens que o Checklist Fácil pode proporcionar. Aqui, você confere como fazer e usar um checklist para prevenção de perdas na prática.

Dashboards e relatórios para a gestão acompanhar o controle de perdas e segurança do trabalho

Por fim, a geração de documentos de análise é essencial para a criação de planos de ação. Ou seja, atividades em prol da mitigação de inconformidades, que podem ser encontradas por meio das auditorias, pesquisas, elaboração de inventários, etc.

O Checklist Fácil oferece esses relatórios completos e dashboards personalizados para melhor controle de dados das operações, com possibilidade de aplicar planos de ação de forma ágil e assertiva.

Quer otimizar o controle de perdas em saúde e segurança do trabalho na sua empresa? Conte com a automação e garanta processos bem alinhados e dados estruturados. Agende uma demonstração gratuita do Checklist Fácil e alcance os melhores números!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conheça o software Checklist Fácil:

Categorias

Artigos relacionados

Assine nossa newsletter e acesse, em primeira
mão, conteúdos relevantes para o seu negócio.