Automação logística: o que é e como implementar

Descubra tudo sobre a automatização logística e como ela pode fazer uma enorme diferença na eficiência operacional de sua empresa. Compartilhamos os benefícios e como implementá-la!
Atualizado em: 21 de dezembro de 2023
Tempo de leitura: 4 minutos

A chegada da logística 4.0 desencadeou uma infinidade de mudanças, sendo a automação logística uma das mais impactantes, apresentando-se como um elemento capaz de otimizar ao máximo os processos relacionados à cadeia de suprimentos. Desde o seu surgimento, ela conseguiu impor um antes e depois na gestão de armazenamento e distribuição.

Neste contexto, diante da falta de maquinaria ou sistemas que impulsionem a automação logística, uma empresa não apenas perde a oportunidade de obter grandes benefícios, mas também fica para trás em um mercado que prioriza o uso de tecnologia como seu aliado mais importante.

Por essa razão, ao longo deste artigo abordaremos os aspectos mais relevantes da automação logística, seus benefícios e a melhor maneira de implementá-la em sua organização. Vamos lá!

O que é automação logística?

A automação logística refere-se aos recursos tecnológicos e processos que, em conjunto, criam um ou mais sistemas capazes de realizar tarefas relacionadas ao Departamento de Logística. Mais especificamente, essas tarefas incluem carga, descarga, armazenamento, envio e processamento de inventário.

Geralmente, esses sistemas se apresentam na forma de software, maquinaria e até mesmo robôs, cuja função principal é executar processos repetitivos e tediosos para os funcionários. Uma vez que parte de seus objetivos é permitir que os humanos dediquem seu tempo a atividades de maior relevância na organização.

Benefícios da automação logística

Essa automação traz consigo diversos benefícios que representam uma grande contribuição para aumentar a eficiência e a segurança da cadeia de suprimentos. Abaixo, apresentamos os mais importantes.

1. Eficiência operacional

Atividades como o planejamento automático de rotas permitem que essas sejam realizadas no menor tempo possível. Isso cria um ambiente capaz de transportar a maior quantidade de produtos no menor tempo possível, especialmente quando é implementada uma gestão de inventário automática que aprimora a rotação da mercadoria.

Além disso, o uso de dispositivos de transporte que não necessitam de descanso e, em condições normais, não sofrem interrupções, favorece uma maior velocidade de produção, o que aumenta drasticamente a eficiência operacional.

2. Redução de custos

É possível reduzir despesas por meio de diversas estratégias imersas na automação logística, tais como:

  • O uso de plataformas que facilitem a gestão de envios.
  • Sistemas digitais que simplifiquem a criação de documentos aduaneiros e seu processamento.
  • Implementação de sistemas de embalagem automática.
  • Isso permite a economia de recursos, a maximização do aproveitamento dos mesmos e um melhor controle de custos.

3. Diminuição de erros

A aplicação de maquinaria ou robôs de armazenamento e de um software de inventário reduz ao mínimo a possibilidade de falhas, melhorando a qualidade e precisão em todas as etapas do processo.

4. Melhoria na visibilidade e rastreabilidade da cadeia de suprimentos

Ao utilizar sistemas de controle que permitem o acompanhamento em tempo real das mercadorias, é possível visualizar o produto em todas as suas etapas (armazenamento, transporte e distribuição), bem como aprimorar a sua rastreabilidade logística.

Graças a esse acompanhamento, também é fácil detectar qualquer inconveniente no percurso das mercadorias e tomar decisões adequadas com base neles.



Para mais esclarecimentos sobre o tratamento de seus dados pessoais, leia nosso Aviso de Privacidade.

Passos para a correta implementação da automação logística

Implementar a automação logística em sua organização não é um processo instantâneo; ao contrário, requer tempo, investimento e esforço de todos os níveis de pessoal.

A seguir, apresentamos um guia rápido com os passos a serem seguidos para aplicá-la corretamente em sua empresa.



Para mais esclarecimentos sobre o tratamento de seus dados pessoais, leia nosso Aviso de Privacidade.

1. Avaliação de Necessidades

Avaliar as necessidades da empresa é essencial para implementar um plano de automação logística, pois se essas necessidades não estiverem claras, é fácil tomar decisões incorretas que não apenas não atendem às expectativas da organização, mas também representam um gasto desnecessário de tempo, esforço e dinheiro.

Para começar, é necessário identificar todas as áreas que carecem de eficiência logística e aquelas que poderiam se beneficiar da integração de processos automatizados, mesmo que estejam funcionando adequadamente.

2. Seleção de Tecnologias Adequadas

Com as necessidades claras, será hora de escolher as tecnologias que mais se adequam a elas. Algumas delas podem incluir:

  • Software de rastreamento e monitoramento;
  • Sistemas de transporte automatizado;
  • Robôs de embalagem e armazenamento;
  • Sistemas de gestão de inventário.

3. Integração com sistemas existentes

Tão crucial quanto escolher um bom sistema de automação logística é garantir que ele seja capaz de se integrar aos sistemas já existentes na empresa.

A integração permitirá que todos os elementos essenciais para a cadeia de suprimentos possam operar como um único macroprocesso, configurado e controlado a partir de um único local, em vez de componentes dispersos.

4. Treinamento da equipe

Devido ao fato de que a implementação dessas ferramentas envolve uma série de mudanças e um ambiente de trabalho significativamente diferente, é essencial que a equipe tenha o conhecimento adequado para se adaptar e utilizar corretamente todas as ferramentas disponíveis.

Embora seja fundamental que os trabalhadores aprendam a usar ou configurar as novas tecnologias, não é tudo. Eles também precisam compreender que a automação logística é uma aliada em suas tarefas e que, longe de ser motivo de preocupação, é uma maneira de agilizar o trabalho.

BAIXE GRATIS | Kit para Logística – Tudo que o seu negócio precisa!

Otimização de processos com o Checklist Fácil

Evidentemente, a otimização logística, por meio da implementação de ferramentas de automação de processos, exige um alto nível de organização e gestão. Nesse sentido, o uso do Checklist Fácil e suas listas de verificação se torna uma estratégia muito conveniente.

Capaz de simplificar a gestão de tarefas, assegurando que cada passo seja cumprido, cada necessidade seja considerada e integrando-se com outros sistemas, ele representa uma abundância de vantagens adicionais para as empresas.

Ao possibilitar uma maior transparência nos processos, uma documentação detalhada de cada tarefa e, consequentemente, uma maior capacidade de auditar e identificar áreas de melhoria, ele cria um cenário em que as melhorias nos processos logísticos se tornam constantes.

Até este ponto, algo é certo: não importa quantos recursos sejam necessários para a automação logística de sua empresa, se for implementada adequadamente e considerar os passos que recomendamos, os benefícios que mostramos serão apenas o começo.

Conheça o Checklist Fácil para tirar o máximo proveito da aplicação desses novos processos em sua organização!

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ideal para o seu negócio!

Categorias

Assine nossa newsletter e acesse, em primeira
mão, conteúdos relevantes para o seu negócio.