O que não pode faltar em um checklist para empilhadeira?

Previna problemas e acidentes de trabalho com as dicas que trouxemos para criar um checklist para empilhadeiras. Clique aqui e boa leitura!

Tempo de leitura: 6 minutos
Checklist para empilhadeira: quais os itens essenciais e como aplicá-los?

Utilizar um checklist para empilhadeira é essencial para garantir que esse equipamento funcione adequadamente. E, portanto, evitar riscos à produção e, principalmente, à saúde dos colaboradores.

Antes de entrarmos mais a fundo nesse tema, você sabe o que é uma empilhadeira? É uma das ferramentas principais em armazéns, galpões e empresas que precisam movimentar e armazenar mercadorias volumosas e pesadas. 

Sem o devido cuidado, ela pode apresentar panes. Além de impactar diretamente na Segurança do Trabalho. Quer saber como criar um checklist para empilhadeira? Continue a leitura que a gente te conta!

O que é e qual a importância de utilizar um checklist para empilhadeira?

Um checklist nada mais é do que uma lista de verificação utilizada em vistorias, checagens e inspeções. 

Assim sendo, o checklist para empilhadeira é um documento que traz uma série de itens que devem ser analisados de forma periódica. Uma vez que eles são essenciais não apenas para o funcionamento da máquina em si. Mas também pensando na segurança do condutor e de todos os profissionais envolvidos.

Através dele é possível determinar que o equipamento está adequado, por exemplo. Ou então que ele precisa passar por uma manutenção, porque uma peça está fora da validade.

Consequentemente, o checklist para empilhadeira pode ser utilizado para comunicar o supervisor que algum componente está danificado. Servindo, inclusive, como um comprovante de que ele foi alertado – caso ocorra algum tipo de acidente.

Desta forma, podemos dizer que ele otimiza o processo, de forma a garantir que a empilhadeira irá funcionar apenas em seu estado recomendado.

Quais são os itens essenciais em um checklist para empilhadeira?

Como mencionamos, o checklist para empilhadeira deve trazer uma série de itens. Juntos, são eles que garantem que o equipamento será utilizado adequadamente. E, portanto, que a empresa está atuando de forma preventiva.

Confira o que deve constar na sua lista de verificação:

Habilitação do motorista

Antes de explicar esse item, precisamos esclarecer um ponto: a NR 11 é a Norma Regulamentadora que orienta o trabalho de transporte e movimentação de carga por meio de empilhadeiras, pontes-rolantes, guindastes, entre outros.

No texto, está escrito que todo condutor precisa ser habilitado para manusear os equipamentos. Porém, o termo “habilitado” não se refere diretamente à pessoa com CNH (Carteira Nacional de Habilitação). 

Neste caso, significa que a pessoa realizou uma formação específica para operar os equipamentos. Apesar de muitos cursos exigirem a CNH categoria B para os alunos, essa obrigatoriedade não está especificada na NR 11.

Assim sendo, quanto ao checklist para empilhadeira, conferir a habilitação do condutor se refere à checagem da correta formação citada. Independentemente de CNH, o motorista precisa apresentar o documento que o credencia à pilotagem do equipamento.

Caso contrário, a empresa estará sujeita a multas. E, principalmente, a riscos de acidentes no trabalho.

Identificação de função

A função da empilhadeira é movimentar materiais pesados para armazenamento e distribuição em um espaço pré-determinado. Por isso, durante um checklist, é preciso assegurar que o equipamento será direcionado para cumprir exclusivamente essas etapas.

Em caso de qualquer indício de utilização para outros fins, o uso da empilhadeira deve ser vetado imediatamente. Esse ponto é essencial para evitar acidentes ou mesmo danificar a ferramenta.

Faróis

Apesar de a empilhadeira não ser um veículo convencional, é essencial que alguns itens também funcionem perfeitamente, tal como em um automóvel. Os faróis, por exemplo, não podem falhar justamente quando o condutor mais precisa. Tendo em vista que pode prejudicar a visualização do ambiente.

Muitas empresas acreditam, ainda, que só precisam ligar os faróis nos turnos da noite, o que é um erro. Assim, o checklist deve ser aplicado antes e durante a operação do equipamento. Para garantir que nenhuma lâmpada está danificada.

Buzinas

Esse item também se enquadra nas verificações comuns em todo tipo de veículo. Porém, diferentemente dos faróis, a buzina deve ser checada antes e depois da utilização da empilhadeira. 

Na maioria das vezes, a empilhadeira é utilizada em ambientes fechados que ecoam altamente os sons. Logo, buzinar sem necessidade pode trazer riscos e até outros problemas para a saúde dos profissionais ao redor. Sendo assim, o item só deve ser acionado quando necessário. 

Em contrapartida, é preciso garantir que, em caso de risco, ele irá funcionar. Como, por exemplo, se uma pessoa estiver se deslocando para o mesmo ponto que o equipamento. Servindo, portanto, como um alerta.

Controle e comandos

A checagem do controle e dos comandos de uma empilhadeira é o que garante a eficiência da máquina e a segurança geral. Por isso, em hipótese alguma, deve ser considerada a utilização da ferramenta sem a averiguação correta desses pontos.

Devem ser verificados os principais comandos, como:

  • Direção;
  • Controle das paletas;
  • Luzes de emergência.

É importante lembrar que a empilhadeira é um equipamento complexo. Ou seja, não basta apenas que a direção funcione perfeitamente. Se o conjunto completo não estiver dentro do padrão aceitável, o equipamento deve ser condenado para uso.

Freios e rodas

Esses são outros itens que não podem passar despercebidos na checagem de procedimento de segurança para empilhadeira. 

Sabemos que, com os freios comprometidos, qualquer veículo pode causar graves acidentes. Agora, imagine um equipamento carregando toneladas de materiais. Convenhamos que os riscos são ainda maiores.

Por isso, averiguar freios e o estado das rodas também deve estar incluso em um checklist para empilhadeira. É necessário que a calibragem dos pneus siga as indicações do fabricante. Assim como o tempo para a troca das pastilhas dos freios. 

Independentemente se o aparelho apresenta algum tipo de defeito ou não, essas orientações devem ser seguidas.

Uso dos Equipamentos de Proteção Individual adequados 

A segurança dos trabalhadores deve sempre ser prioridade em qualquer checklist utilizado nas indústrias. Por isso, é importante inspecionar se as equipes estão trajando os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Afinal, esses objetos são exclusivamente direcionados para preservar a vida do colaborador durante o exercício da sua função. 

E, como estamos discutindo sobre uma área na qual a movimentação de cargas e máquinas pesadas é constante, a utilização dos EPIs se torna ainda mais fundamental.

Todavia, como mencionado, grande parte das empresas utiliza as empilhadeiras em galpões fechados, com grande circulação de outros profissionais. 

Assim sendo, não basta apenas que o condutor esteja protegido. É preciso que todos os trabalhadores que utilizam o espaço usem os devidos EPIs. Incluindo o pessoal de setores burocráticos, como administração e RH.

Logo, o checklist para empilhadeira deve trazer todos equipamentos que devem ser utilizados diariamente. E a checagem deve ser feita antes e durante a jornada de trabalho. Inclusive para verificar se eles estão sendo cuidados adequadamente.

Como fazer o checklist para empilhadeira?

Não existe um modelo único de checklist para empilhadeira. Afinal, cada empresa estabelece o que precisa ser vertificado. Partindo do conhecimento técnico do elaborador, características do equipamento e também da política de segurança e saúde do trabalhador adotada.

Entretanto, criamos alguns exemplos de perguntas que podem ser adicionadas na sua lista de verificação. Eles foram pensados seguindo os itens que mencionamos acima. 

Confira o que inspecionar no seu procedimento de segurança para empilhadeira:

  • O operador está habilitado para utilizar o equipamento?
  • Os faróis dianteiros e traseiros estão acendendo?
  • A buzina está funcionando?
  • Os freios estão respondendo adequadamente?
  • O sistema hidráulico apresenta algum vazamento?
  • As conexões de combustível estão apertadas?
  • Os pneus estão em boas condições e devidamente calibrados?
  • O radiador encontra-se com o nível de água recomendado?
  • O escapamento apresenta alguma faísca ou sinal de superaquecimento?
  • A capota ou o encosto apresenta deformação ou rachadura?
  • Os EPIs estão higienizados?
  • Todos os profissionais da empresa estão utilizando seus devidos equipamentos de proteção?


    Caso algum desses pontos for negativo, é essencial reportar a falha ao supervisor. Ou, ainda, preencher um plano de ação para que sejam tomadas as providências rapidamente.

    Qual a importância de contar com um software de checklist?

    Verificar todos os itens acima e assegurar que tudo está dentro das normas estabelecidas é, com certeza, um trabalho demorado e complexo. Um único descuido durante essas etapas já é o suficiente para que aconteçam consequências graves.

    Na era tecnológica, não há mais necessidade de correr esse tipo de risco. Assim, adotar um software de checklist online facilita o trabalho e, ainda, diminui a taxa de erros. 

    A Checklist Fácil é líder na América Latina em checklist digital e a sua solução oferece uma série de benefícios extras. Dá só uma olhada: 

    • Acaba com o ruído ou o delay de informações;
    • Elimina os retrabalhos (sem falhas, não há razão para fazer duas vezes a mesma coisa);
    • Compara os dados e apresenta indicadores em tempo real;
    • Notifica a equipe e profissionais responsáveis rapidamente;
    • Eleva a produtividade e entrega um serviço de melhor qualidade para o cliente final.

    E o melhor de tudo: o seu uso é muito simples. Basta criar checklists por setor e atividade e agendar a sua realização – deixando claro quem será o responsável por cada um. 

    Abaixo, veja um exemplo específico para Segurança do Trabalho:

    Exemplo de checklist para empilhadeira

    No dia e hora estipulados, o profissional analisa e responde aos itens. 

    Exemplo de checklist para empilhadeira

    Podendo, inclusive, adicionar fotos e outras mídias para comprovar sua resposta.

    Exemplo de checklist para empilhadeira focado em Segurança do Trabalho

    Após concluir, os dados ficam a disposição do supervisor. Que pode gerar relatórios, gráficos e outros indicadores para se certificar que o trabalho está sendo executado corretamente.

    Enfim, utilizar o checklist para empilhadeira é uma tarefa que deve ser levada muito a sério. Afinal, não basta promover checagens superficiais e de forma esporádica. É preciso analisar todos os itens de segurança para preservar a vida dos colaboradores. E, ainda, garantir a operação.

    Quer saber como aproveitar a solução Checklist Fácil no seu negócio? Então entre em contato conosco e agende uma demonstração gratuita com os nossos especialistas!

    Jornalista e especialista em Comunicação Empresarial. Sou apaixonada por marketing, escrever, criar e inovar - inclusive nas horas vagas.
    Estefânia Martins

    Posts Relacionados

    One Reply to “O que não pode faltar em um checklist para empilhadeira?”

    1. Bom dia Victor,
      Sabes informar qual norma trata da obrigatoriedade do check list de empilhadeira? Essa verificação deve ser diária?
      Grata

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *