Controle de produção: aprenda a otimizar e reduzir perdas

O controle de produção é um processo utilizado para otimizar e aprimorar a produção, reduzir custos e aumentar a margem de lucro de uma empresa.
Atualizado em: 29 de maio de 2024
Tempo de leitura: 6 minutos

O Planejamento e Controle da Produção (PCP) é uma das principais ferramentas para superar as dificuldades no processo produtivo. Esse método permite aos gestores o controle dos fatores envolvidos na produção, o que possibilita o alcance de resultados melhores. 

Vale destacar que controlar a produção é fundamental para uma indústria ter processos eficientes, e assim alcançar com rapidez seus objetivos. Por exemplo, produtos de qualidade, satisfação dos clientes e diferenciação no mercado.  

Por isso, preparamos este conteúdo para apresentar tudo o que precisa saber a respeito do assunto: o que é, objetivos, importância e como fazer o controle de produção em sua indústria. Vamos lá? 

O que é controle de produção?

O planejamento e controle de produção (PCP) é uma metodologia utilizada para gerenciar as atividades que compõem o processo produtivo de um projeto e os recursos envolvidos. Assim, tem a função de coordenar e organizar todo o processo produtivo para garantir a excelência operacional e a redução de custos.

Cumpre dizer que o PCP deu seus primeiros passos durante a Segunda Revolução Industrial, impulsionado pela necessidade de otimizar a produção fabril para acompanhar o novo ritmo da época. 

O método vem se aprimorando desde então, principalmente com o advento da internet e a implementação de ferramentas digitais nesse processo.

Quais são os objetivos do controle de produção?

Os principais objetivos dessa metodologia de gestão são:

  • Otimizar o processo produtivo de uma indústria;
  • Maximizar a margem de lucro;
  • Reduzir custos;
  • Proporcionar uma gestão baseada em dados sólidos e estratégicos;
  • Melhorar o processo de tomada de decisão;
  • Assegurar a qualidade dos produtos.

Pilares do PCP

O planejamento e controle da produção é baseado em 4 pilares, que devem ser executados em sequência, a saber:

  1. Programação: “Quando produzir?”
  2. Carregamento: “Quanto e onde produzir?”
  3. Sequenciamento: “Qual deve ser a ordem de produção?”
  4. Monitoramento: “A execução está de acordo com o planejamento?”

Responder corretamente essas quatro perguntas é fundamental para a boa execução do planejamento e controle diário da produção.

Qual a importância do controle no processo produtivo?

O controle do processo produtivo permite às empresas alcançar níveis elevados de eficiência porque recursos, mão de obra, atividades e outros componentes da produção podem ser gerenciados estrategicamente. 

Portanto, implementar esse sistema de gestão é essencial para garantir que a organização alcance os resultados desejados. Além disso, promove a melhoria contínua dos processos, aumentando a eficiência operacional e reduzindo custos. 

Quais as principais funções do controle de produção na organização?

As principais funções do PCP são:

  • Otimizar o processo produtivo;
  • Controlar todos os fatores da produção, por exemplo, tempo e recursos humanos;
  • Reduzir gastos desnecessários e perdas na administração da produção;
  • Ampliar a visão sobre o processo produtivo;
  • Possibilitar a tomada de decisão baseada em dados;
  • Auxiliar na gestão eficiente do estoque;
  • Diminuir atrasos na produção;
  • Promover a melhoria contínua dos processos.

O que faz o controlador de produção?

Esse profissional fica responsável pelo gerenciamento das entradas e saídas da produção, sendo, portanto, o executor e fiscalizador do controle da produção. 

Suas funções incluem, por exemplo, definir o que será produzido, gerenciar prazos, monitorar o estoque e escolher um bom sistema de gestão de produção.

Quais os tipos de controle de produção?

Existe mais de um tipo de controle de produção, cada um com objetivos diferentes dependendo da etapa do processo produtivo. Os principais são:

Controle de produção e qualidade

O controle de qualidade tem como objetivo garantir que o produto final esteja de acordo com as normas de qualidade definidas e as expectativas do consumidor. 

Controle de perdas

O controle de perdas na produção é focado na eliminação de desperdícios nesse processo. Portanto, seu objetivo é identificar as perdas e cortá-las ou minimizá-las, contendo possíveis danos. 

Controle de matéria-prima

O controle de matéria-prima na produção tem como objetivo gerenciar e controlar o uso de insumos na produção. 

Ele serve para determinar com precisão a quantidade de matérias-primas necessárias para produzir itens ou produtos e, com base nisso, evitar a falta ou sobra. 

Controle do fluxo de trabalho

O controle do fluxo de trabalho serve para otimizar a rotina dos trabalhadores, deixando claro quais são suas atividades e responsabilidades. E também seu objetivo reduzir a ocorrência de erros, agilizar a realização de tarefas e melhorar a produtividade. 



Para mais esclarecimentos sobre o tratamento de seus dados pessoais, leia nosso Aviso de Privacidade.

Como fazer o controle de produção?

Você já entendeu a importância do PCP e os benefícios de implementá-lo. No entanto, você pode ainda não saber como controlar a produção de forma eficaz. Continue a leitura para aprender. 

Quais as etapas do PCP?

O controle eficiente da produção é dividido em 6 etapas:

1- Previsão de demanda da produção

O primeiro passo é estimar o volume de vendas do período, o que permitirá prever as necessidades de produção. Isso evita o excesso de produção, o que faria com que os itens ficassem ociosos, gerando desperdício para a empresa.

2- Planejamento da capacidade produtiva

Em seguida, é hora de avaliar a capacidade produtiva da empresa e cruzar com as informações coletadas na primeira fase. Com esses dados, a produção pode ser ajustada, aumentando ou diminuindo conforme a necessidade.

3- Planejamento agregado da produção

O Planejamento Agregado da Produção (PAP) é baseado nas informações coletadas nas duas fases anteriores. É o documento que contém a estratégia de produção para aquele período.

O PAP leva em consideração todos os fatores relevantes e requer atualização constante para garantir sua eficácia.

4- Plano mestre da produção

O plano mestre de produção é um documento que contém um planejamento detalhado para o período de produção, e seu objetivo é alocar recursos para assegurar uma produção eficiente e segura. 

5- Programação Detalhada da Produção

Esta é a etapa em que o planejamento de produção é colocado em prática, ou seja, os controladores e programadores de produção operacionalizam esse processo, estabelecendo rotinas e atividades na indústria. 

Além disso, eles definem a sequência de produção, selecionam as máquinas que serão utilizadas, controlam o estoque, requisitam matérias-primas etc.

6- Controle de produção

A última fase envolve o monitoramento das ações definidas em todas as outras etapas. Esse acompanhamento deve ser contínuo para que não conformidades e gargalos sejam identificados e corrigidos.

gráfico mostrando as 6 etapas do pcp

Como fazer um planejamento de controle de produção?

Entenda que o primeiro e mais importante passo no controle eficaz da produção é o planejamento. Vale destacar que a implementação dessa metodologia baseia-se no que é definido nesta fase. Assim, podemos considerá-la como elemento chave para seu sucesso.

Uma forma eficaz de fazer um bom planejamento de controle de produção é responder as três primeiras perguntas dos pilares PCP:

  1. Quando produzir? Para respondê-la, é importante entender as necessidades do mercado. É com base nisso que você pode definir, por exemplo, se produzirá sob demanda ou em larga escala para ser estocado.
  1. Quanto produzir? É fundamental ter ampla compreensão sobre o próprio processo produtivo da fábrica para determinar sua capacidade de produção. 
  1. Em que ordem produzir? Diz respeito à sequência produtiva que a indústria deve seguir para garantir o atendimento das demandas do mercado. 

Respondendo a essas três perguntas, podemos ter um bom entendimento do processo produtivo de uma indústria e, com base nisso, controlar efetivamente essa operação.

Como organizar os processos de produção?

A organização do processo produtivo não só é crucial para garantir a eficiência desta operação, como também permite ao gestor de produção acompanhá-la de perto. Existem algumas ações que sua indústria pode tomar para garantir isso. Veja:

  • Realizar o mapeamento de processos para identificar os mais importantes;
  • Definir os processos prioritários e foca neles;
  • Identificar as atividades essenciais para o processo produtivo e padronizar sua execução
  • Monitorar os processos para garantir que sejam aprimorados continuamente. 

Quais os tipos de sistema para controle de produção?

Há duas formas de fazer o controle de produção: utilizar uma planilha Excel ou uma ferramenta digital. 

Como fazer uma planilha de controle de produção?

A planilha de controle é uma ferramenta relativamente simples e eficaz para o controle de entrada e saída de estoque e de produção.  

Uma das vantagens dessa abordagem, por exemplo, é que uma fórmula automática pode ser aplicada para atualizar a saída de produtos do estoque sempre que a produção necessitar. 

Quais as vantagens em ter um sistema para o PCP?

Outra solução mais completa são os softwares de gestão. Os sistemas digitais se destacam porque atualizam os processos de produção em tempo real, por exemplo, o número de produtos acabados.

Além disso, pode automatizar as atividades do processo produtivo, beneficiando todo o estabelecimento, pois ajuda a reduzir custos e aumentar a eficiência operacional.

Com o software de controle de produção, a ocorrência de erros na etapa produtiva também pode ser reduzida, pois as tarefas são automatizadas.

Como fazer o controle de produção com a Checklist Fácil?

O Checklist Fácil é um grande aliado na produtividade industrial. A tecnologia oferece soluções para ajudar os gestores a planejar, executar e monitorar o PCP. Ao utilizá-la, é possível: 

  • Identificar as não conformidades;
  • Criar planos de ação customizados;
  • Contar com informações atualizadas em tempo real;
  • Criar checklist de inspeção personalizados;
  • Dispor de uma ferramenta acessível em qualquer dispositivo, desktop ou móvel;
  • Fazer registros com mídia (fotos, vídeos, áudios);
  • Contar com relatórios PDF personalizável.

Além dessas funcionalidades, o Checklist Fácil oferece diversas outras facilidades. Quer entender melhor essa tecnologia e ver como ela pode otimizar o controle de produção em sua indústria? Agende uma demonstração da nossa solução agora mesmo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ideal para o seu negócio!

Categorias

Assine nossa newsletter e acesse, em primeira
mão, conteúdos relevantes para o seu negócio.

25 de Abril | 16h | ao vivo

Boas Práticas
de SST:

Como zerar acidentes e criar processos eficientes de segurança