Como otimizar sua produção e aumentar seus lucros no campo com a gestão agrícola

Descubra a importância e os benefícios da gestão agrícola. Aprenda como otimizá-la para aumentar a produtividade e o sucesso.
Atualizado em: 26 de janeiro de 2024
Tempo de leitura: 6 minutos

Em um cenário em que o agronegócio representa 24,4% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e é o quarto maior exportador mundial de produtos agropecuários, torna-se imperativo implementar uma gestão agropecuária eficiente e de qualidade. 

Afinal, a gestão das atividades no campo é capaz de promovere estratégias e práticas que otimizam o processo de toda a cadeia de produção agrícola, visando atingir o sucesso do negócio.  

Neste artigo, exploraremos o que é a gestão agropecuária, sua importância e as estratégias-chave para implementá-la na prática e de forma eficiente. Boa leitura! 

O que é a gestão agropecuária? 

A gestão de agropecuária — também conhecida como gestão rural — é o processo de administração e gerenciamento completo da produção de alimentos e outros produtos oriundos da agricultura e pecuária. Neste cenário, envolve o planejamento, organização, controle de recursos e outras atividades que visam otimizar a produção e processamento agropecuário. 

A gestão de uma empresa rural pode ser dividida em diversas áreas. Entre elas:

Gestão agrícola 

Abrange planejamento de cultivos e safras, rotação de culturas, preparo e manejo da água e solo, colheita, controle de pragas e doenças, tecnologias. 

Gestão pecuária

Engloba o manejo do rebanho, saúde e controle de doenças, nutrição animal, reprodução e genética e gestão de resíduos. 

Gestão ambiental

Na gestão ambiental está incluída a conservação do solo e água, uso sustentável de recursos naturais, selos e certificações ambientais, auditorias ambientais, redução de impactos ambientais e monitoramentos. 

Gestão logística

Inclui a armazenagem e distribuição dos produtos, planejamento e administração do transporte, controle de frota, gestão de estoques e inventários.

Gestão estratégica

A elaboração de estratégias, determinação de metas, auditorias e inspeções, objetivos e indicadores e análise de dados e relatórios são os processos abarcados na gestão estratégica. 

Gestão de riscos

A gestão de riscos abrange a identificação e análise de riscos, gerenciamento de riscos e implementação de medidas de mitigação para promover a segurança do trabalho rural. A NR 31 é a principal norma que estabelece diretrizes nesse sentido.

Gestão financeira

Os processos inclusos na gestão financeira são o planejamento financeiro, a definição do orçamento, contabilidade, controle de custos, financiamento e investimentos. 

Gestão de pessoas

Envolve os processos de recursos humanos, como admissões, capacitações, promoção e implementação da saúde e segurança no trabalho, engajamento, retenção e avaliações de desempenho. 

Gestão de vendas

Por último, a gestão comercial é responsável pela comercialização da produção agropecuária, estratégia de vendas, análises de mercado, entre outros.

BAIXE GRÁTIS | Kit Estratégico para Agronegócio com materiais para apoiar a gestão de ponta a ponta

Qual a importância da gestão agropecuária?

A gestão agropecuária desempenha um papel crucial na rentabilidade e oferece uma série de benefícios de curto, médio e longo prazo para sua empresa. A partir dessa gestão, o produtor rural poderá ter um maior controle das operações, evitando prejuízos e outros problemas.   

Já na área financeira, a otimização da gestão agropecuária permite controlar orçamentos para insumos e outros tipos de desperdícios. Com isso, é possível reduzir custos ou realizar investimentos em máquinas, tecnologias e infraestrutura.

Como foi visto, a gestão agropecuária permite realizar vários tipos de análises, baseando-se em dados concretos para tomar melhores decisões e garantir a prosperidade do negócio. 

Quais são os principais desafios da gestão agropecuária?

A gestão agropecuária está sujeita a vários desafios, por isso todo produtor rural deve ter conhecimento deles. Abaixo, listamos os principais:

Pragas

As pragas são um dos problemas mais recorrentes para o produtor rural, pois podem comprometere toda a produção a qualquer momento. As pragas agrícolas são organismos indesejados, como fungos, insetos, nematóides, bactérias, vírus, plantas daninhas. São potenciais causadoras de danos não somente às plantações, como aos animais e rebanhos de uma propriedade rural. 



Para mais esclarecimentos sobre o tratamento de seus dados pessoais, leia nosso Aviso de Privacidade.

Nesse cenário, para prevenir os impactos negativos, é necessário implementar o controle de pragas, que consiste na utilização de pesticidas, fungicidas, herbicidas e práticas de controle biológico. 

Variações Climáticas

A agricultura e a pecuária são altamente dependentes das condições climáticas. Por essa razão, alterações inesperadas no clima, como enchentes, secas, e mudanças de temperatura, podem afetar a produção e a saúde dos animais.

Recursos naturais

Outro grande desafio do setor agropecuário é a gestão de recursos naturais. O uso do solo, por exemplo, deve ser feito de forma sustentável, evitando sua degradação. Além disso, é preciso ter atenção para evitar desperdícios, descarte indevido de resíduos, etc.

Tecnologias e conectividade

Embora o acesso à tecnologia tenha tido um avanço nos últimos anos, ainda é um obstáculo para o agronegócio, pois as propriedades rurais geralmente encontram-se afastadas das áreas de conexão à internet. 

Armazenamento e estoque

Por último, não podemos deixar de destacar o controle de armazenamento e estoque como um dos principais desafios. O produtor rural deve estar preparado para administrar a entrada e saída dos produtos e insumos de forma eficiente e segura, garantindo sua qualidade em todo o processo. 

6 passos para otimizar sua gestão agropecuária

Como falamos, uma boa gestão agropecuária é crucial para superar os desafios, garantir melhores resultados e a eficiência do negócio. A seguir, compartilharemos as etapas para o sucesso dessa prática. 

1. Desenvolva um planejamento estratégico

Uma das etapas mais importantes é o desenvolvimento do planejamento estratégico, pois é a base para alcançar a eficiência da gestão agropecuária. Este plano deve conter uma visão detalhada e clara dos objetivos, metas, orçamentos e estratégias, pois servirá como guia para o produtor rural e os trabalhadores. 

Além disso, é necessário incluir os cronogramas de plantio e colheita, manutenção de máquinas, planos de irrigação e demais documentos de controles e inspeções. 

Não se esqueça de revisar e atualizar regularmente seu plano para garantir que ele permaneça relevante e alinhado com seus objetivos. Ele é uma grande ajuda para orientar as decisões diárias e proporcionar estabilidade ao negócio.

2. Padronize processos

A padronização de processos é um passo muito importante para garantir a eficiência das operações. Estabelecer padrões melhora a aplicação dos processos e atividades, minimizando falhas e, por conseguinte, reduzindo custos. 

A padronização ajuda a garantir a consistência na entrega de produtos ou serviços, o que leva a uma qualidade mais previsível e confiável. Além disso, facilita a conformidade com regulamentações e normas. 

3. Atente-se à saúde e segurança no trabalho

A mão de obra é fundamental para uma produção agropecuária eficiente e de qualidade e para a prosperidade do negócio. Só no Brasil, o agronegócio emprega praticamente 1 de cada 3 trabalhadores brasileiros, segundo dados da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). 

Por esse motivo, é essencial promover a saúde e segurança no ambiente de trabalho e aplicar as Normas Regulamentadoras e outros procedimentos exigidos pela lei. Realize inspeções das condições de trabalho periodicamente, assim como em máquinas e outras ferramentas. Não se esqueça de distribuir EPIs e realizar capacitações sobre seu uso. 

4. Promova a sustentabilidade

Como vimos anteriormente, um grande desafio do setor agropecuário é a gestão dos recursos naturais. O uso sustentável de recursos como água, solo e energia é essencial para evitar a degradação e reduzir os impactos ambientais

É importante adotar práticas sustentáveis, como rotação de culturas, manejo integrado de pragas e conservação do solo e investir em tecnologias para garantir a saúde do ecossistema a longo prazo. 

Nesse cenário, também é importante apostar em selos de certificação ambiental para prevenir sanções e multas, destacar-se no mercado e se conectar com novos clientes. 

5. Digitalize processos

A digitalização de processos não só ajuda a otimizar o tempo, reduzir custos e maximizar a produtividade, como está relacionada à promoção da sustentabilidade. Afinal, ao implementar esta prática, há redução significativa de impressões e uso de papel nas operações

Além disso, por meio de ferramentas online para a digitalização de processos, é possível centralizar informações, assinar contratos, gerir equipes, realizar auditorias, analisar dados e muito mais. 

6. Realize o controle de qualidade de alimentos

O controle de qualidade de alimentos abrange um conjunto de métodos e ações implementados para assegurar que os alimentos fabricados e disponibilizados estejam em conformidade com os critérios definidos de segurança e pureza. 

Essa prática desempenha um papel crucial na gestão agropecuária, pois garante a preservação da saúde dos consumidores e a conformidade com regulamentações governamentais. 

Desse modo, realize a verificação da qualidade das matérias-primas antes de serem utilizadas na produção e não se esqueça de implementar boas práticas de fabricação (BPF) na empresa.  

Como a tecnologia pode auxiliar na gestão agropecuária?  

A tecnologia desempenha um papel essencial na gestão agropecuária moderna. Softwares de gestão podem facilitar as operações e procedimentos, como o controle de pragas e doenças, planejamento de safra, prevenção de avarias e até a segurança no trabalho. 

Além disso, o uso de sistemas de informação geográfica, drones e sensores pode proporcionar uma visão detalhada das condições do clima, solo e saúde da plantação e rebanho, mapear as áreas de produção e controlar equipamentos remotamente. 

Você pode contar com um software de checklists online para automatizar processos e organizar a gestão. Nesse cenário, o Checklist Fácil é uma excelente opção.

A seguir, compilamos algumas das 150 funcionalidades que auxiliam na gestão agropecuária.

Aplicações offline

Como mencionamos anteriormente, um dos principais desafios da gestão agropecuária é a falta de conectividade nas propriedades rurais. Com o Checklist Fácil é possível fazer o uso do sistema até quando não há conexão com a internet, pois as informações podem ser sincronizadas posteriormente e sem perder nenhum registro. 

Dashboards personalizados 

Monitorar os dados e indicadores é essencial para garantir a eficiência da gestão de produção. Afinal, é através deles que a identificação de pontos de melhoria nas operações se torna mais fácil. O Checklist Fácil permite a criação de dashboards personalizados para que você possa analisar corretamente os indicadores e metas da gestão. 

Plano de ação

Encontrou alguma não conformidade? O Checklist Fácil auxilia na criação e seguimento de planos de ação. Além disso, os campos de perguntas e itens podem ser personalizados conforme as necessidades da empresa: 

  • Delegar responsabilidades;
  • Definir datas limites para solução de não conformidades; 
  • Gerar relatórios;
  • Registrar mídias; 
  • E muito mais.

A otimização da gestão agropecuária não é apenas uma necessidade, mas uma oportunidade para construir um futuro agrícola mais sustentável e eficiente. Ao utilizar tecnologias avançadas, os gestores têm a possibilidade não só de vencer os desafios, mas de garantir a prosperidade e sucesso em um setor tão importante para a economia do país. 

Então, agende agora uma demonstração gratuita do Checklist Fácil e descubra como nossa solução pode ajudar a otimizar a gestão agropecuária da sua propriedade rural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ideal para o seu negócio!

Categorias

Assine nossa newsletter e acesse, em primeira
mão, conteúdos relevantes para o seu negócio.