Saiba o que é e como funciona o conceito de Lean Logistics

O Lean Logistics trata de um conjunto de práticas voltadas para otimizar os processos logísticos de uma empresa. Reduzir mão de obra e usar tecnologias inovadoras são exemplos.
Atualizado em: 12 de maio de 2023
Tempo de leitura: 4 minutos

Hoje, a produção não é mais vista como o único diferencial competitivo de uma empresa. Por isso, adotar novas perspectivas e melhorar o desempenho é essencial para se manter à frente em um mercado cada vez mais acirrado. Aperfeiçoar as operações logísticas é uma estratégia eficaz para aumentar o valor da organização. 

Um conceito que ajuda é o Lean Logistics. Trata-se de uma filosofia de gestão que permite às instituições tornarem seus procedimentos mais ágeis e financeiramente enxutos. Continue lendo e descubra como ela valoriza seu negócio.

O que é Lean Logistics? 

O Lean Logistics, ou logística enxuta em português, trata de um conjunto de práticas voltadas para a redução de desperdícios no transporte, manuseio e armazenamento de materiais e/ou produtos. Portanto, ele foca na melhoria contínua das operações desta área em uma empresa.

Qual a diferença entre logística 4.0 e logística lean?

O Lean Logistics é um modelo de administração que ajuda a integrar todos os setores e partes da cadeia de suprimentos. Com base nesse conceito, os processos logísticos de uma organização podem ser estruturados e otimizados, desde os operacionais até os estratégicos. 

O que muita gente não sabe é que essa filosofia está diretamente relacionada à logística 4.0, que trata do uso de tecnologias com a finalidade de otimizar esses procedimentos. Isso porque o lean usa robôs, inteligência artificial, drones, sistemas de roteirização, Internet das Coisas e outras ferramentas visando atingir seu objetivo. 

SAIBA MAIS | Lean: conheça o método focado em enxugar custos e na eficiência operacional

Como o Lean Logistics se difere do sistema de logística tradicional?

O Lean Logistics difere da tradicional em vários aspectos. Abaixo, veja exemplos:

Estoque: a tradicional armazena grande volume de produtos nesse ambiente, aumentando os custos de aluguel e manutenção do espaço, enquanto o lean defende a existência de um estoque mínimo, reduzindo gastos e otimizando o processo de gerenciamento de entrada e saída de itens. 

Inventário: na convencional, os gestores encontram dificuldade para realizar essa operação, mas o conceito de Lean Logistics utiliza tecnologias como sistemas de gestão de produtos visando otimizá-la.

Distribuição: com a logística tradicional, esse processo não é gerido estrategicamente, dificultando o acompanhamento e o envio dos ativos. O lean possibilita conhecer a realidade de cada local e trabalhar em conjunto a fim de posicionar estrategicamente os centros de distribuição e eliminar gastos.

Como funciona a logística lean?

Atua agilizando os processos logísticos, tornando a empresa mais competitiva. Também garante preços de frete diferenciados, contribuindo para a fidelização do cliente. Isso pode ser alcançado com a adoção de práticas como a redução de mão de obra, uso de tecnologia e roteirização eficiente, por exemplo.

Qual a importância do lean na logística?

Essa estratégia ajuda a repensar suas ações logísticas e ver de que forma são executadas. Com base nisso, pode-se encontrar as melhores maneiras de melhorar a administração de ativos, ciclos de produção, distribuição e entrega de itens e muito mais. Além disso, essa abordagem também oferece as seguintes vantagens:



Para mais esclarecimentos sobre o tratamento de seus dados pessoais, leia nosso Aviso de Privacidade.
  • Eliminação de erros;
  • Sustentabilidade ambiental;
  • Economia de tempo e custos;
  • Fim do desperdício;
  • Otimização de operações;
  • Visão ampla da cadeia logística e de suprimentos. 

Quais os principais objetivos da logística Lean?

Seus principais objetivos são:

  • Controlar os ativos no estoque, tendo em vista que o abastecimento excessivo gera custo; 
  • Racionalizar o tempo necessário para que um produto seja fabricado, distribuído e entregue ao cliente; 
  • Otimizar o uso de espaço, economizando;
  • Planejar rotas, visando otimizar o processo de entrega de itens;
  • Integrar todos os setores envolvidos na cadeia logística da empresa, facilitando a comunicação entre eles. 

Quais as ferramentas de otimização da logística lean?

Diversas ferramentas são utilizadas na logística lean com a finalidade de garantir a eficiência dos processos envolvidos. Conheça as principais:

Indicadores de desempenho: são métricas que refletem a performance da área de logística de uma empresa, oferecendo uma base de informações aos gestores para tomarem boas decisões. 

5S (Seiri, Seiton, Seiso, Seiketsu e Shitsuke): seu objetivo é aumentar a eficiência e a eficácia do processo logístico por meio da prática da organização do local de trabalho.

Mapeamento do fluxo de valor (VSM): é um recurso de grande relevância dentro da logística de uma organização, pois ajuda a mapear as operações e a otimizá-las. Isso permite atender às necessidades do consumidor de forma eficiente.

Exemplos de aplicações práticas de logística lean

  • Controle de entrada e saída de itens utilizando um sistema de gestão de estoque;
  • Uso da inteligência artificial visando fazer inventário de ativos;
  • Roteirizar as entregas dos produtos aos clientes;
  • Adoção de tecnologias de monitoramento de transporte;
  • Redução do estoque (até seu limite mínimo).

Como o Lean Logistics melhora a eficiência na cadeia de suprimentos?

Essa abordagem abrange toda a logística de uma empresa e garante tarefas eficientes, produtivas e econômicas. Isso ocorre por meio de uma série de práticas, que inclui:

  • Mapeamento das operações logísticas, visando otimizá-las;
  • Implementar a gestão de estoque mínimo, o que pode não apenas reduzir custos, mas também ter uma equipe menos sobrecarregada; 
  • Adequação e racionalização dos fluxos de entregas. 

Como implementar o Lean Logistics em sua empresa?

O processo de implementação do Lean Logistics deve começar com uma avaliação das necessidades do cliente. Por exemplo, prazo e qualidade de entrega, comunicação entre ele e o entregador e o preço cobrado pelo serviço.

Isso porque essa avaliação fornece uma visão geral de toda a sua logística e ajuda a entender quais processos podem ser eliminados ou aprimorados. A partir daí, você pode começar a pensar em novas mudanças e pesquisar e usar tecnologias inovadoras.

Checklist Fácil torna sua logística muito mais eficiente

A Checklist Fácil é uma ferramenta que auxilia sua empresa a implementar o Lean Logistics. A solução possibilita criar checklists e planos de ações, e controlar tarefas em tempo real e muito mais, como: 

  • Fazer a manutenção da frota;
  • Coleta de dados e relatórios automatizados para acelerar a tomada de decisão;
  • Gerenciar a separação de produtos em estoque;
  • Controlar frotas e operações logísticas;
  • Padronizar processos
  • Fazer gestão de equipes;
  • Realizar inventário;
  • Comprar ativos. 

Otimize as operações logísticas de sua empresa com a Checklist Fácil. Teste grátis a nossa solução e aproveite todos os benefícios que ela pode lhe oferecer!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ideal para o seu negócio!

Categorias

Assine nossa newsletter e acesse, em primeira
mão, conteúdos relevantes para o seu negócio.