Como aplicar a prevenção de perdas em redes hoteleiras?

Quer entender melhor o que é prevenção de perdas e de que maneira é possível agir para se resguardar de situações negativas como essas? É isso o que você vai aprender neste post. Continue a leitura!

Tempo de leitura: 4 minutos
Como aplicar a prevenção de perdas em redes hoteleiras?

Um dos problemas mais recorrentes da rede hoteleira é o desaparecimento de objetos do visitante, durante a estadia. Nesse sentido, investir na prevenção de perdas é uma alternativa inteligente que você pode adotar para evitar esse tipo de situação no seu hotel.

Sobre isso, o Código de Defesa do Consumidor estabelece a regra de inversão do ônus da prova. Nela, se o hóspede alegar que teve um objeto furtado, a afirmação dele é registrada como verdadeira. Normalmente, o hotel não tem como provar o contrário e acaba sendo responsabilizado pelo ocorrido.

Desta forma, além de se proteger contra processos, o gestor deve levar em consideração que é importante, também, se resguardar de situações criminosas, como a falsa alegação de um hóspede mal-intencionado em aplicar um golpe no hotel.

O que é de fato a prevenção de perdas?

prevenção de perdas é uma prática crucial para o bom andamento de qualquer tipo de negócio e, na rede hoteleira, a situação não poderia ser diferente. Ela consiste na adoção de estratégias que visam a redução de prejuízos, e começou a ganhar espaço no mercado brasileiro na década de 1990.

O velho ditado “prevenir é melhor que remediar” segue vivo e atual. Unindo ferramentas adequadas de gestão e controle financeiro, contando com profissionais capacitados e cientes de suas responsabilidades, é possível proteger o hotel de imprevistos e custos desnecessários que acabam consumindo parte dos lucros e barrando o crescimento do negócio.

A prevenção de perdas se faz necessária para um hotel por inúmeras razões que ultrapassam o quesito econômico. Por lidar diretamente com o consumidor, precisa oferecer um serviço de qualidade e que não apenas atenda, mas supere as expectativas dos hóspedes.

Independentemente de o hotel ser focado em turistas ou hóspedes em viagem de negócios, é crucial proporcionar a todos eles uma experiência diferenciada e não permitir que passem por situações constrangedoras, como eventuais furtos ou roubos, por exemplo.

Esse tipo de situação denigre a imagem do hotel, gera propaganda negativa e, certamente, faz com que eles optem por outro local de estadia na próxima visita.

Ademais, vivemos em um mundo extremamente digital e conectado, no qual pessoas insatisfeitas não guardam o problema para si. Escrevem nas redes sociais, compartilham, divulgam conteúdos virais.  Por isso, adotar a prevenção de perdas minimiza não apenas as chances de prejuízo com o ressarcimento de objetos, mas também a possibilidade de uma crise que, certamente, impactará na reputação da rede hoteleira.

Quais são os casos que mais comuns em redes hoteleiras?

  1. A vítima diz ter perdido um colar de pérolas, no entanto, tem medo de dizer ao marido e apressadamente coloca a culpa na camareira do hotel. Dias depois, encontra a joia no meio de outras, no seu próprio cofre pessoal.
  2. Um executivo bem-sucedido acredita que colocou o seu rolex na mala. Ao procurar o relógio no quarto do hotel, ele imagina que teve o seu bem subtraído pela equipe hoteleira.
  3. Uma camareira furta um dos perfumes franceses da hóspede. Esta, por sua vez, só sente a falta do objeto alguns dias depois e coloca a culpa na camareira errada, pois a anterior estava em seu dia de folga.

Como implantar programas de prevenção de perdas?

Os especialistas em segurança, de um modo geral, orientam que o hotel solicite ao hóspede que preencha uma declaração de bens, logo no ato do check-in.

No documento, ele lista os objetos considerados valiosos ou então declara que não tem nenhum bem de valor. Após assinar, ele formaliza o desejo de adquirir um cofre no quarto para que os seus pertences permaneçam trancados.

Acontece que organizar todas essas informações em papel é coisa do passado. Além de comprometer os recursos naturais, o impresso não oferece a segurança ideal para armazenar uma informação tão importante que pode salvar você de um processo judicial. Afinal, eles estão sujeitos a danos, extravios e perdas.

Por que contar com profissionais especializados em prevenção de perdas?

A prevenção de perdas pode parecer simples, mas não é. Contar com um profissional qualificado é importante para garantir sua efetividade. Por isso, busque no mercado alguém capacitado e confiável, alinhado com seus objetivos e linhas de pensamento.

Entre os principais benefícios em contar com um profissional estão a identificação e mapeamento do problema, além da mensuração da incidência. Esses dados são determinantes para a tomada de decisão estratégica.

Outro benefício é a identificação exata da vulnerabilidade da rede hoteleira, por meio da análise de risco. Feita de maneira adequada, ela oferece um diagnóstico ao gestor, capaz de embasar a definição dos procedimentos que devem ser implementados para prevenir as perdas.

Dependendo dos problemas encontrados, é possível aplicar mudanças. Caso fique comprovado que a falha é humana, é necessário promover treinamentos para a equipe, ou mesmo optar por dispensar funcionários e buscar outros no mercado. Se a falha for estrutural, é preciso rever os processos.

Existem soluções inovadoras para se resguardar?

Além de encontrar um profissional de prevenção de perdas, é importante contar com a tecnologia. Hoje é possível adquirir softwares que permitem a customização de checklists de acordo com a necessidade do gestor. São programas que fazem a compilação de dados em tempo real e dispensam o uso de papéis ou planilhas.

Além disso, esse recurso emite relatórios que auxiliam o controle interno da empresa e pode ser gerenciado por tablets e smartphones. Ele funciona, ainda, como base para futuras auditorias e oferece uma análise de resultado muito mais eficiente.

Dessa forma, garante a integração e otimização dos processos, aumentando o controle do gestor, facilitando a análise e acompanhamento dos dados e tornando o processo de prevenção de perdas mais efetivo, ágil e seguro na criação e seguimento de um padrão estabelecido para minimizar os riscos.

Percebeu a importância de atuar na prevenção de perdas para minimizar situações constrangedoras para o seu hotel? Como falamos acima, o prejuízo pode ser grande e depende de você atuar para resguardar e proteger o seu negócio. A tecnologia está constantemente desenvolvendo soluções práticas e cada vez mais competentes para garantir a segurança e facilitar os processos de gestão. Por isso, invista, aproveite e faça bom uso dela!

Saiba como um Checklist Eletrônico pode lhe ajudar nas tomadas de decisões do seu negócio com números palpáveis, compilados em um único lugar! Conheça mais

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *