Manutenção Planejada: o que é como implementar em 5 passos

Realizar manutenções planejadas é uma forma de se antecipar na resolução de problemas no maquinário antes que ele apresente falhas e perdas produtivas.
Atualizado em: 16 de maio de 2024
Tempo de leitura: 4 minutos

Um dos pilares da Manutenção Produtiva Total (TPM), a manutenção planejada ou manutenção programada tem como objetivo a redução de erros e falhas que podem impactar no desempenho de máquinas e equipamentos e na produção como um todo. 

Diferente das manutenções não planejadas, a manutenção programada antecipa e identifica a raiz de possíveis problemas, as corrigi e passa a prevenir que elas apareçam novamente. 

Quer saber como isso tudo pode ajudar na eficiência da sua operação? Conheça mais sobre manutenção planejada e seus benefícios para a indústria. Boa leitura! 

O que é manutenção planejada? 

A manutenção planejada (MP) é um conjunto de ações agendadas ou programadas para prever e prevenir perdas, falhas e defeitos em máquinas e equipamentos, reduzindo riscos e prolongando a vida útil. 

Um dos objetivos principais da manutenção programada é eliminar paradas não planejadas para trocas, consertos ou qualquer atividade que interrompa o fluxo de produção. 

Quais são os tipos de manutenção planejada? 

Manutenção preventiva 

A manutenção preventiva ocorre de forma programada e periódica para prevenir falhas e manter o equipamento em boas condições de conservação e funcionamento. 

Manutenção preditiva 

A manutenção preditiva também busca prevenir falhas e defeitos dos equipamentos, mas com uma diferença importante em relação à manutenção preventiva: as ações preditivas se dão a partir da detecção de sinais que podem indicar alguma falha ou ineficiência no futuro. Por isso, a manutenção preditiva depende do uso de sensores e algoritmos que apontem estes sinais. 

Manutenção Detectiva 

A manutenção detectiva tem como característica a investigação profunda em busca de problemas que normalmente passam despercebidos em outros tipos de manutenção. Seu objetivo também é prevenir perdas. 

Manutenção corretiva planejada 

A manutenção corretiva planejada é aquela realizada em equipamentos que já apresentam algum desgaste ou queda de desempenho, por exemplo, a fim de prevenir paradas não programadas ou problemas na produção. Ainda que seja uma manutenção para correção, ela ocorre em dia e horário agendados para não interromper o fluxo produtivo da fábrica. 

Manutenção prescritiva 

A manutenção prescritiva utiliza tecnologias inovadoras, como Inteligência Artificial e Machine Learning, para analisar dados com mais precisão, gerar relatórios e prescrever soluções que prolonguem a vida útil e a funcionalidade dos equipamentos. 

Este tipo de manutenção vem ganhando espaço em fábricas que aplicam os conceitos de Indústria 4.0 em suas operações. 

Quais a importância de realizar manutenção planejada? 

A manutenção programada promove a gestão e o controle de equipamentos muito mais eficientes, se comparada aos outros métodos. Confira alguns dos benefícios: 

  • Prolonga a vida útil de máquinas e equipamentos; 
  • Previne falhas e resolve problemas antes que se resultem em perdas maiores; 
  • Garante a segurança dos equipamentos e os mantém em boas condições de uso; 
  • Garante o cumprimento de normas e regulamentações ambientais e de segurança, evitando penalidades e acidentes de trabalho; 
  • Aumenta a confiabilidade dos equipamentos, que terão menos interrupções e mais eficiência na produção; 
  • Economiza custos de substituição de equipamentos e consertos não programados; 
  • Aumenta a disponibilidade, a produtividade e a qualidade de produção dos equipamentos, melhorando o indicador OEE
  • Torna tomadas de decisão mais estratégicas porque fornece dados de manutenção e histórico de desempenho das máquinas. 

Tudo isso é essencial para que a operação flua de forma ágil e eficiente, aproveitando ao máximo os ativos e promovendo melhoria contínua sempre que houver oportunidade. 

5 passos para realizar uma manutenção planejada eficiente 

As manutenções planejadas ajudam a melhorar a confiabilidade e a vida útil de máquinas e equipamentos. Portanto, para que seja possível obter esse resultado, é necessário realizá-las da forma correta para garantir sua eficiência. Confira as etapas mais importantes de uma manutenção planejada de máquinas e equipamentos: 

Planejamento 

Como o próprio termo nos diz, uma manutenção planejada começa na etapa de… planejamento! Não por acaso, este primeiro passo serve para mapear todos os equipamentos da fábrica, identificar aqueles que necessitam de manutenções. 



Para mais esclarecimentos sobre o tratamento de seus dados pessoais, leia nosso Aviso de Privacidade.

Na etapa de planejamento, é importante identificar as falhas, suas causas e determinar soluções para elas. Também é essencial que o plano de manutenção apresente a melhor metodologia e as metas que se deseja alcançar com ele. 

Cronograma de manutenções 

A partir do planejamento das manutenções, o próximo passo é elaborar um cronograma para ações periódicas nos equipamentos, a fim de mantê-los em funcionamento e em bom estado de conservação. 

A necessidade e a frequência de manutenção podem variar de uma máquina para outra, por isso, é necessário analisar informações como históricos de manutenções passadas, recomendações dos fabricantes, indicadores como o OEE, MTBF, MTTR e dados extraídos de sensores e algoritmos. 

Execução do plano de manutenção 

É hora de colocar o plano de manutenção programada em prática e executar ajustes, consertos, limpezas, lubrificações e outras melhorias nos equipamentos. Cada uma dessas ações também tem caráter preventivo para evitar novas falhas, desgastes, entre outros. 

Registro e documentação 

Do planejamento a execução, tudo deve ter registro e documentação em um sistema de gestão de manutenção para que o histórico de cada máquina não se perca e possa servir como base para tomadas de decisão no futuro. 

Além dessas informações, é importante registrar custos, orientações técnicas, diagnósticos, materiais utilizados, enfim, o máximo de dados relevantes para assegurar que o plano inicial está sendo seguido por todos. 

Avaliação e melhoria contínua 

A manutenção programada não para na execução da manutenção em si. Todo o plano e as melhorias promovidas por ele precisam de avaliação e monitoramento constante. 

Por isso, tenha em mente que a manutenção planejada deve estar em ciclo de melhoria contínua para que a operação atinja o máximo de eficiência. Indicadores de manutenção, a redução de custos, produtividade, dados de SST, índice de qualidade dos produtos são alguns dos dados que precisam de análise constante para entender como obter resultados ainda melhores.

Com o Checklist Fácil, sua operação terá muito mais eficiência na inspeção de equipamentos e mais agilidade no tratamento de falhas.

A ferramenta de formulários digitais e planos de ação mais completa do mercado vai otimizar seus processos de manutenção e torná-los muito mais precisos e eficientes.

A começar pela eliminação total de checagens manuais com papéis e planilhas. Todas as informações são coletadas e armazenadas no Checklist Fácil com segurança, organização e precisão de informações.

O Checklist Fácil ajuda a estabelecer ações preventivas e corretivas com muito mais agilidade, diminuindo o tempo de parada para manutenções, além de permitir o acompanhamento em tempo real de cada tarefa.

Além disso, a ferramenta possui integração com sensores e dispositivos IoT, o que permite receber alertas e gerar planos de ação automaticamente assim que ocorre a detecção de uma anormalidade.

Conheça estas e outras vantagens de utilizar as mais de 150 funcionalidades do Checklist Fácil em suas rotinas de manutenção. Peça uma demonstração agora!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ideal para o seu negócio!

Categorias

Assine nossa newsletter e acesse, em primeira
mão, conteúdos relevantes para o seu negócio.

25 de Abril | 16h | ao vivo

Boas Práticas
de SST:

Como zerar acidentes e criar processos eficientes de segurança