Como desenhar os processos da sua empresa? 

O desenho de um processo envolve mapear e estruturar as etapas de uma atividade ou operação, visando melhorar a eficiência e a qualidade. Tal prática permite identificar gargalos, eliminar atividades desnecessárias e padronizar procedimentos, garantindo uma execução mais rápida, eficaz e consistente.
Atualizado em: 16 de maio de 2024
Tempo de leitura: 8 minutos

Você sente a necessidade de melhorar a organização e a objetividade para ter resultados mais eficazes na sua empresa? Entender como funciona o desenho de um processo pode ajudar você a otimizar seus fluxos de trabalho, aumentando a produtividade da sua equipe. 

Em outras palavras, desenhar os processos de uma empresa é essencial para garantir sua eficiência, qualidade e competitividade no mercado. Muitas vezes, a falta de clareza sobre como as atividades devem ser realizadas pode levar a desperdícios de tempo, recursos e oportunidades.  

Neste conteúdo, você vai conferir mais detalhes sobre como transformar sua operação por meio de uma abordagem estruturada e orientada para resultados. Confira o significado, como desenhar processos e ferramentas para implementar essa prática na sua organização! 

O que significa desenhar processos de um negócio? 

Desenhar e modelar processos em uma empresa envolve uma abordagem sistemática para mapear, centralizar, padronizar e, cada vez mais, digitalizar as operações. Com isso, é possível entender as interações necessárias, além de identificar oportunidades, eliminar redundâncias e proporcionar consistência às rotinas operacionais. 

De forma mais detalhada, podemos entender que a prática envolve: 

  • Mapear processos, documentando cada etapa de uma atividade, desde seu início até sua conclusão, identificando os responsáveis pela execução de cada fase e os recursos necessários; 
  • Centralizar as atividades, permitindo que equipes tenham acesso fácil e rápido às informações e promovendo o alinhamento de todas as áreas da empresa.  
  • Padronizar as execuções, fator fundamental para garantir a qualidade e a eficiência, estabelecendo procedimentos claros e uniformes a serem seguidos por todos os colaboradores. 

Assim, desenhar processos em uma empresa significa adotar uma abordagem estruturada e orientada para a eficiência operacional. Ao mapear, centralizar, padronizar e digitalizar os processos, as organizações podem: 

  • Melhorar a qualidade dos processos; 
  • Reduzir custos na rotina operacional; 
  • Aumentar a competitividade no mercado; 
  • Obter preparo para os desafios e oportunidades do mundo empresarial. 

LEIA MAIS | Como usar a Inteligência Artificial para otimizar processos industriais? 

Qual é a relação entre desenho de processos e BPMN? 

Business Process Model and Notation (BPMN) é uma técnica de representação visual aplicada em corporações, e está relacionada ao desenho de um processo justamente porque materializa a sequência de atividades com figuras padronizadas. Dessa forma, podemos afirmar que BPMN é o que permite “colocar tudo no papel” (ou na tela). 

O BPMN é composto por um conjunto de símbolos gráficos que representam diferentes elementos de um processo de negócio, tais como: 

  • Atividades; 
  • Eventos; 
  • Gateways de decisão; 
  • Fluxos de sequência. 

De acordo com o tipo de evento, esses símbolos são organizados em uma paleta que pode ser utilizada para criar fluxogramas horizontais e diagramas para descrição sequencial de um processo, desde o início até o fim. 

Desse modo, a notação BPMN é altamente versátil e pode ser usada em uma variedade de contextos, desde a modelagem de processos simples até a representação de processos complexos e interorganizacionais.  

Para exemplificar, na imagem abaixo você pode conferir um processo desenhado com a modelagem BPMN: 

Exemplo de desenho de processo

A simulação acima foi feita na plataforma BPMN.IO, que oferece as opções de figuras gráficas necessárias para a modelagem de processos. Essa é uma das opções de ferramentas de desenho de processos que veremos em detalhes mais adiante, junto a uma lista completa de alternativas para esse tipo de desenho.

Como desenhar os processos de uma empresa? 

Acima de tudo, desenhar os processos de uma empresa é um passo crucial para seu crescimento e para manter a qualidade dos produtos ou serviços oferecidos. Confira, a seguir, um passo a passo para implementar todo o desenho de um processo no seu negócio! 

Identifique os processos-chave 

Em primeiro lugar, determine quais processos são críticos para o funcionamento da empresa e merecem ser desenhados primeiro. Isso pode incluir desde processos operacionais, como produção e logística, até processos administrativos, como gestão de projetos e atendimento ao cliente. 

Mapeie os fluxos de trabalho 

Faça um levantamento detalhado das etapas de cada processo, desde o início até a conclusão, identificando as atividades realizadas, os responsáveis por cada etapa e os recursos necessários.  

Nesse sentido, utilize ferramentas práticas, como diagramas de fluxo de processo, para visualizar de forma clara e organizada o sequenciamento das atividades. Algumas das metodologias que podem ajudar você são: 



Para mais esclarecimentos sobre o tratamento de seus dados pessoais, leia nosso Aviso de Privacidade.
  • Ciclo PDCA: planejar, fazer, checar e agir; 
  • 5W2H: como, quando, onde, por que, quem e quanto custará para a organização; 
  • Diagrama de Ishikawa: foca em qualidade e identifica as causas de problemas. 

BAIXE GRÁTIS | Manual completo para implementar a metodologia 5W2H na sua operação

Determine seus objetivos 

Em seguida, depois de mapear todos os fluxos de trabalho e analisar o que pode ser melhorado, avalie as razões pelas quais cada um dos processos existe na sua empresa. 

A partir dessa informação, estabeleça objetivos de acordo com as necessidades da sua empresa para direcionar os próximos passos. 

Padronize procedimentos 

Juntamente com o passo anterior, estabeleça procedimentos padronizados para cada processo, definindo claramente as regras, responsabilidades e prazos. Isso ajuda a garantir a consistência na execução das atividades e facilita o treinamento de novos colaboradores. 

Documente todo o processo 

Quais mudanças foram realizadas ao longo da implementação dos novos processos? É importante fazer um “antes e depois” das atividades, a fim de visualizar o que mudou e entender os passos que estão sendo dados rumo a melhorias contínuas no seu negócio

Sendo assim, fazer isso, além de facilitar a compreensão do que deve ser realizado, também ajuda a aumentar a transparência dos fluxos de trabalho, melhorando a comunicação com os colaboradores e reduzindo o risco de falhas e prejuízos

Digitalize os processos 

Utilize ferramentas de gestão de processos e automação industrial, como softwares de checklist ou workflows, para digitalizar e organizar os processos de forma eficiente.  

Sobretudo, tais recursos permitem criar, executar e monitorar fluxos de trabalho de maneira eletrônica, facilitando a colaboração entre equipes e o acompanhamento do desempenho

Revise e atualize de forma contínua 

Os processos de uma empresa estão em constante evolução, portanto, é fundamental revisá-los e atualizá-los regularmente para garantir que estejam alinhados às necessidades do negócio e às boas práticas do mercado.  

Para tanto, estabeleça um ciclo de melhoria contínua para identificar oportunidades de otimização de processos e implementar mudanças conforme necessário. 

Dessa forma, seguindo esse passo a passo, sua empresa pode desenhar processos de forma eficiente e estruturada, promovendo a eficiência operacional, a qualidade dos produtos e serviços, e especialmente a satisfação dos clientes com mais frequência. 

LEIA MAIS | A importância de contar com um checklist de processos na sua empresa 

Quais são as ferramentas para desenhar processos de um negócio? 

Há diversas ferramentas para desenhar processos de um negócio, oferecendo diferentes funcionalidades e níveis de complexidade. Algumas das mais populares incluem: 

  • Microsoft Visio: uma das ferramentas mais utilizadas para criar diagramas de fluxo de processo e mapeamento de processos. Oferece uma ampla variedade de formas e modelos para representar visualmente os diferentes estágios e elementos de um processo; 
  • Lucidchart: uma plataforma de diagramação online que permite criar diagramas, fluxograma de processos, organogramas e muito mais. Oferece integração com outras ferramentas de colaboração e armazenamento na nuvem; 
  • Miro: uma ferramenta de colaboração online que permite desenhar processos de negócio, bem como outros tipos de diagramas, de forma colaborativa e em tempo real, com uma interface intuitiva e recursos robustos; 
  • Draw.io: uma ferramenta de diagramação gratuita e de código aberto que permite criar diagramas de processo, fluxogramas, mapas mentais e muito mais. É fácil de usar e oferece uma variedade de opções de exportação e compartilhamento; 
  • Heflo: ferramenta projetada para facilitar a criação, análise e otimização de fluxos de trabalho empresariais, permitindo que os usuários documentem visualmente seus processos por meio de diagramas de fluxo de processo. 
  • BPMN.IO: uma ferramenta gratuita de modelagem de processos que permite criar diagramas de processo usando a notação BPMN (Business Process Model and Notation). Possui código aberto para criar, editar, visualizar e integrar diagramas em aplicativos e sistemas.  

Em suma, essas são apenas algumas das ferramentas disponíveis para desenhar processos de um negócio. Porém, a escolha da ferramenta ideal dependerá das necessidades específicas da empresa, do orçamento disponível e da preferência pessoal dos usuários. 

ACESSE GRÁTIS | Mais de 90 conteúdos em um único lugar: tudo que você precisa saber sobre gestão industrial 

Por que é importante desenhar processos antes de digitalizá-los e automatizá-los? 

Desenhar processos antes da automatização é um passo essencial para garantir que a automação seja eficaz e traga os resultados desejados para a empresa. Primeiramente, o desenho dos processos permite uma compreensão clara e detalhada de como as atividades são realizadas, identificando as etapas, os responsáveis e os pontos de decisão ao longo do fluxo de trabalho.  

Essa compreensão é fundamental para aplicar automações de forma adequada e em áreas onde trará o maior impacto positivo. Além disso, desenhar processos antes de automatizá-los permite identificar possíveis gargalos, redundâncias ou atividades desnecessárias que podem ser eliminadas ou otimizadas antes da implementação da automação, reduzindo custos, tempo e esforços desnecessários

Portanto, ao digitalizar os processos, as empresas podem automatizar tarefas repetitivas, reduzir erros humanos e aumentar a produtividade. Isso envolve o uso de ferramentas e sistemas de gestão de processos que permitem a criação, execução e monitoramento de fluxos de trabalho de forma eletrônica.  

Além disso, a digitalização de processos facilita a análise de dados e o acompanhamento do desempenho, fornecendo insights valiosos para a tomada de decisões estratégicas. 

Quais são as vantagens de desenhar processos antes de digitalizá-los e automatizá-los? 

A vantagem de desenhar processos antes de automatizá-los é a possibilidade de estabelecer padrões e boas práticas que serão seguidos durante o desenvolvimento da solução automatizada, facilitando a manutenção e evolução da automação no futuro. 

Nesse sentido, é importante desenhar processos antes de automatizá-los. Com isso, a automação pode ser aplicada de forma estratégica e eficiente, identificando oportunidades de melhoria contínua, estabelecendo padrões e garantindo uma compreensão clara dos fluxos de trabalho.  

Contudo, alguns dos outros benefícios de destaque ao desenhar os processos antes de automatizá-los na sua empresa são: 

  • Compreensão clara do fluxo de trabalho e das atividades envolvidas; 
  • Identificação de gargalos, redundâncias e atividades desnecessárias; 
  • Melhorias na previsão de recursos e equipamentos; 
  • Monitoramento do desempenho das equipes e dos ciclos de processos; 
  • Estabelecimento de padrões e boas práticas para a automação; 
  • Garantia de uma implementação estratégica e eficaz da automação. 

LEIA MAIS | O que é, 9 passos para implementar, tipos e ferramentas para a automatização de processos na sua empresa 

Como o Checklist Fácil pode potencializar os resultados de processos modelados? 

Você quer saber como automatizar o desenho de um processo com mais facilidade na sua rotina operacional? Com mais de 150 funcionalidades, o Checklist Fácil oferece uma gama completa de recursos projetados para simplificar e aprimorar a execução de processos em qualquer organização.  

Sendo assim, uma das principais vantagens do Checklist Fácil é a criação de checklists inteligentes. O recurso permite a padronização e a sistematização das atividades, garantindo que nada seja esquecido ao longo do fluxo de trabalho. 

Funcionalidades do Checklist fácil para otimizar a gestão de processos

O Checklist Fácil oferece diversos recursos para gerenciamento completo das atividades no dia a dia, como: 

  • Plano de Ação, para correção de não conformidades identificadas durante as operações, permitindo uma abordagem proativa na resolução de problemas e na melhoria contínua; 
  • Inclusão de mídias, como imagens e vídeos, enriquecendo os checklists e facilitando a compreensão das instruções, especialmente para tarefas complexas ou detalhadas; 
  • Assinatura digital, para supervisão, validação e responsabilização em cada etapa do processo; 
  • Workflow, simplificando a configuração de fluxos de trabalho em sequências para o encaminhamento e a aprovação de checklist de processos entre os membros da equipe.  
  • Notificações via e-mail e aplicativo, mantendo todos os envolvidos atualizados sobre o status das atividades, agregando transparência e agilidade às comunicações. 
  • Aplicação offline de checklists, para efetivação de registros mesmo em locais sem conexão à internet, garantindo a continuidade das operações em qualquer circunstância.  
  • Relatórios completos gerados em tempo real, com insights valiosos sobre o desempenho dos processos, permitindo a análise de dados e a identificação de áreas de melhoria. 

Assim, o Checklist Fácil é uma ferramenta abrangente e versátil que pode impulsionar a eficiência, a qualidade e a produtividade dos processos empresariais, oferecendo uma solução completa para a gestão e execução de tarefas de forma organizada, eficaz e transparente para o seu negócio. 

Solicite uma demonstração gratuita do Checklist Fácil para mapear, centralizar e digitalizar os processos da sua empresa com praticidade e eficiência. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ideal para o seu negócio!

Categorias

Assine nossa newsletter e acesse, em primeira
mão, conteúdos relevantes para o seu negócio.

25 de Abril | 16h | ao vivo

Boas Práticas
de SST:

Como zerar acidentes e criar processos eficientes de segurança