Como montar um checklist para indústria de alimentos? Veja 7 itens indispensáveis + exemplos práticos

Utilizar um checklist na indústria de alimentos é essencial para garantir que os processos estão sendo seguidos conforme determina a lei. Mas quais itens devem ser adicionados neste questionário? Vem que a gente te conta!

Tempo de leitura: 8 minutos
Profissional usando um checklist indústria de alimentos

Contar com checklist na indústria de alimentos é essencial para avaliar se os processos estão sendo seguidos corretamente. Visando, assim, garantir as melhores práticas, bem como evitar problemas – principalmente legais.

Mas o que é um checklist? É um documento em que constam todos os procedimentos realizados na organização. De forma a permitir a realização ágil e efetiva de checagens, auditorias e inspeções.

Se você deseja saber quais são os principais ítens que devem compor um checklist de indústria de alimentos, leia este conteúdo até o final. Isso porque abordaremos conceitos e traremos exemplos práticos para você colocar a mão na massa desde já. Vamos lá!

Checklist indústria de alimentos: o que é, afinal?

Um checklist de indústria de alimentos é uma lista de verificação composta pelos principais processos e atividades que devem ser padronizados

Mas como ele é utilizado? Após um mapeamento das tarefas, são criados questionários com os pontos que devem ser averiguados em cada uma delas. Com isso em mãos, o responsável pela checagem sabe exatamente o que precisa avaliar.

Caso algum item esteja em discordância com o esperado, ele irá pontuar no documento, para que sejam promovidas as melhorias necessárias. E, com isso, evitar que as não conformidades causem danos e prejuízos à empresa. 

É possível criar o checklist para indústria de alimentos no papel ou utilizando planilhas simples, como em Excel. Entretanto, já existem softwares específicos, que otimizam o trabalho e elevam a segurança no armazenamento de dados.

Você pode utilizar, por exemplo, um checklist online, como o oferecido pela Checklist Fácil. Com ele, você cria as listas, define responsáveis e agenda a realização. E, após a aplicação, ainda acessa todos os dados, podendo gerar relatórios e gráficos automáticos.

E indústria de alimentos, o que é?

Apesar de muitas pessoas vincularem o termo indústria às grandes fábricas, ele não se restringe a isso. Na verdade, a indústria de alimentos abrange todas as atividades envolvidas na preparação de alimentos. Desde produtores rurais e distribuidores até as indústrias de transformação e comércios em geral.

Assim sendo, as principais atividades que compõem esse setor são:

  • Agricultura;
  • Produção de lavoura;
  • Pecuária e pesca;
  • Laticínios;
  • Horticultura;
  • Torrefação e moagem de café;
  • Comércio atacadista;
  • Restaurante e demais serviços que oferecem alimentação e bebidas.

Apesar de ser um tipo de indústria bem amplo, todas as atividades trazem em comum alguns fatores. Como a preocupação com a matéria-prima e a necessidade de seguir as Boas Práticas de Fabricação, bem como as determinações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Assim sendo, apesar do checklist para indústria de alimentos variar em cada atividade, esses temas devem fazer parte de todos.

Qual a importância de contar com um checklist na indústria de alimentos?

O checklist na indústria de alimentos é importante porque amplia o entendimento em relação aos processos. Ao mesmo tempo em que favorece a sua padronização.

O que ocorre é que, para criar a lista de verificação, é preciso entender as práticas de forma minuciosa. Afinal, como saber o que precisa avaliar se você não sabe como cada atividade funciona?

Isso garante, portanto, um maior conhecimento sobre o negócio como um todo. Além de possibilitar a realização de melhorias já nesse momento.

Junto a isso, o checklist na indústria de alimentos favorece a padronização de processos. Uma vez que a análise é feita em cima de um padrão escolhido. E qualquer desvio deve ser solucionado prontamente.

Na solução da Checklist Fácil, no momento em que é detectada qualquer falha, é possível tornar obrigatório o preenchimento de um plano de ação. Para que, imediatamente, a pessoa responsável seja notificada e tome as atitudes para solucioná-la.

Os benefícios, entretanto, não param por aí. Ao adotar um checklist na indústria de alimentos, você:

  • Identifica problemas e falhas com agilidade;
  • Evita a reincidência de não conformidade;
  • Garante a adequação aos padrões estabelecidos pelos órgãos responsáveis;
  • Evita multas e penalizações;
  • Garante que o produto final chegue com segurança e qualidade ao consumidor;
  • Diminui custos com refações e lotes jogados fora;
  • Previne acidentes e doenças ocupacionais.

Quais são os itens indispensáveis em um checklist na indústria de alimentos?

Como mencionamos, não existe um checklist para indústria de alimentos padrão. Tendo em vista que o setor é composto por uma série de atividades. 

Entretanto, selecionamos a seguir alguns temas que podem ser trabalhados nessa ferramenta:

1. Ambiente

É essencial avaliar se as instalações são compatíveis com as operações realizadas. E, principalmente, se estão nas condições adequadas para garantir segurança aos profissionais.

Aqui, podemos citar pontos como climatização e o fácil acesso aos ambientes. Assim como a exposição a agentes físicos, químicos e biológicos – cujas regras estão dispostas na Norma Regulamentadora 9.

2. Higiene

Esse item é indispensável em toda a cadeia produtiva. Afinal, o ramo da alimentação lida diretamente com a saúde das pessoas. Portanto,é essencial avaliar o método e a frequência de higienização. Seja em equipamentos, setores ou vestuários utilizados no dia a dia.

Inclusive, são exigidos cursos de higiene e manipulação de alimentos para quem atua tanto nas fábricas quanto restaurantes. E, através do checklist, é possível determinar se as práticas estão sendo utilizadas. 

3. Matéria-prima

Realizar o controle de qualidade em matéria-prima é igualmente indispensável. Isso porque impacta em toda a produção. E, portanto, no produto final que chega ao consumidor.

Através do checklist da indústria de alimentos, você:

  • Monitora a chegada dos insumos;
  • Controla a validade;
  • Avalia se a matéria-prima está dentro do padrão estabelecido;
  • Administra a estocagem dos produtos;
  • Evita a falta de insumos para a produção.

4. Segurança do trabalho

Garantir a segurança do trabalho é essencial em qualquer atividade – desde o agricultor até o operador de equipamentos no chão de fábrica. Afinal, os acidentes podem levar ao afastamento do profissional, além de prejudicar a sua qualidade de vida.

Assim sendo, com o checklist de indústria de alimentos, você pode inspecionar se estão sendo adotados todos os cuidados necessários. O que inclui o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e a orientação quanto ao manuseio adequado dos maquinários. 

Sendo assim, você também consegue avaliar se as Normas Regulamentadoras que incidem sobre a sua atividade estão sendo seguidas. A fim de evitar questões como multas, interdições e perda de alvarás.

5. Processos de fabricação

Esse tipo de lista de verificação permite avaliar todo o fluxo do processo produtivo. Isto é, desde a chegada da matéria-prima, a operação e o estoque até a produção em si, a logística e a entrega.

Isso permite entender o funcionamento da indústria. E, ao mesmo tempo, promover melhorias contínuas pensando no todo.

A Checklist Fácil conta com um módulo adicional chamado Workflow. Ele permite a criação de um fluxo de trabalho com até 10 checklists – que devem ser aplicados em uma sequência específica. 

Desta forma, você garante que a auditoria será feita na cadência com que os processos ocorrem, de fato. Proporcionando, assim, economia de tempo e energia. Bem como elevando a eficiência operacional e integrando setores.

6. ANVISA

A ANVISA determina os critérios para o manuseio e recolhimento dos produtos alimentícios. Ela avalia diversos pontos, desde questões sanitárias até a embalagem que é utilizada e a licença de funcionamento.

Assim, o checklist de regulamentações da ANVISA se torna essencial. Tendo em vista que qualquer inconsistência encontrada pelo órgão pode gerar multas. E, em casos extremos, a perda de alvará.

7. Produto final

Quando o produto está pronto, é hora de avaliar se ele está de acordo com o padrão de qualidade estabelecido. Isso igualmente pode ser inspecionado através do checklist de indústria de alimentos.

Dentro da plataforma da Checklist Fácil, é possível descrever exatamente como o produto deve ser. Inclusive, você pode adicionar imagens que permitam uma comparação mais efetiva.

Exemplos de checklist para indústria de alimentos

Agora que você viu alguns itens que devem compor esse documento, deve estar ansioso para ver exemplos práticos. Certo? Então vamos lá!

A seguir, vamos apresentar algumas perguntas que podem ser adicionadas, de acordo com a temática do checklist na indústria de alimentos:

Boas Práticas de Fabricação

  • Os pisos e teto estão em bom estado de conservação e são de fácil limpeza?
  • As paredes possuem algum foco de umidade ou bolor, bem como rachadura?
  • A área está livre de focos de insalubridade?
  • O sistema de drenagem é de qualidade e está devidamente limpo?
  • Os insumos são bem armazenados?
  • Os equipamentos são higienizados e armazenados adequadamente?
  • As janelas possuem telas e ficam devidamente vedadas?
  • As instalações sanitárias estão de acordo com a quantidade dos colaboradores?
  • O lavatório possui água corrente, sabonete líquido e toalha de papel?
  • A iluminação permite que o serviço seja bem executado?

Estoque

  • Possui quantidade suficiente de cada item – seja em unidade ou peso?
  • Os produtos são separados de acordo com a validade?
  • A climatização está adequada para manter a qualidade do alimento?
  • As matérias-primas estão separadas dos produtos finais?
  • O número dos lotes está de fácil visualização?
  • Está sendo feito o registro adequado de entradas e saídas?
  • A gestão do estoque está alinhada com a de logística?
  • As compras estão sendo realizadas antecipando demandas – para não haver faltas? 

Segurança de trabalho

  • Os profissionais estão utilizando os EPIs adequados?
  • Os EPIs estão dentro do prazo de validade?
  • Os procedimentos para garantir a saúde e a segurança estão sendo realizados?
  • Todos estão cientes quanto às exigências da legislação?
  • Os equipamentos passam por manutenção periódica?
  • Os colaboradores foram treinados para agir em caso de emergência?
  • São adotadas ações imediatas para investigar falhas e acidentes reportados pelos funcionários?
  • A empresa realiza com frequência Análise Preliminar de Risco;
  • Todos os setores passam por inspeções regulares?

Controle de qualidade

  • As matérias-primas estão sendo inspecionadas?
  • Insumos fora do padrão estão sendo descartados antes de ir para a produção?
  • Os profissionais seguem à risca a ficha técnica de cada produto?
  • Todos os itens do mesmo lote são pesados?
  • Em caso de não conformidade, é avaliado onde está a causa do problema?
  • Os colaboradores entendem a importância de manter a qualidade de ponta a ponta?
  • Produtos fora da data de validade são separados dos demais e devidamente descartados?

ANVISA

  • O material da embalagem gera algum resíduo para os alimentos?
  • Existe algum risco epidemiológico na cadeia produtiva?
  • A empresa oferece boas condições de higiene para os colaboradores?
  • A indústria está com a sua licença de funcionamento em dia?
  • As documentações exigidas pela lei estão atualizadas?
  • As normas de segurança alimentar são aplicadas no dia a dia?
  • Os ambientes são mantidos limpos e organizados durante a produção?

Como o Checklist Fácil pode auxiliar na aplicação de checklist na sua indústria de alimentos?

A Checklist Fácil é a empresa líder em checklist digital na América Latina. E isso não é à toa! Sua solução conta com diversas funcionalidades que tornam a aplicação desse checklist muito mais eficaz e segura.

Com esse software, você centraliza todas as listas de verificação da indústria de alimentos. Com isso, os gestores conseguem analisar quais processos estão sendo seguidos e o que precisa ser melhorado.

Como ele conta com uma versão mobile, a pessoa responsável pela sua aplicação pode realizar as checagens com mais flexibilidade. Especialmente porque não requer acesso à internet – sendo necessário apenas realizar a sincronização dos dados quando estiver online.

Entre todas as funcionalidades disponíveis, conheça 3 que, certamente, são diferenciais para esse segmento:

1. Agendamento

Você agenda quando cada checagem precisa ser realizada. Assim, evita o esquecimento e garante a periodicidade da aplicação.

Forma de agendar um checklist indústria de alimentos no Checklist Fácil

2. Recursos de mídia

Você pode exigir que o profissional adicione foto, vídeo ou outro tipo de arquivo para comprovar a resposta dada durante a checagem.

Registre imagens no checklist indústria de alimentos realizado com o Checklist Fácil

3. Relatórios

Com os dados centralizados, você pode gerar gráficos e relatórios diversos para ter uma visão geral das auditorias. E, assim, tomar decisões mais certeiras.

E mais: com a nossa API de integração, você conecta o Checklist Fácil a outros softwares, para uma análise ainda mais detalhada!

Gere relatórios do checklist indústria de alimentos dentro do Checklist Fácil

Em meio a tudo isso, o Checklist Fácil permite:

  • Mapear todas as etapas dos processos;
  • Realizar inspeções de qualidade;
  • Verificar a temperatura dos alimentos;
  • Identificar não conformidades no armazenamento e conservação da matéria-prima;
  • Reduzir perdas;
  • Reduzir custos operacionais;
  • Otimizar o tempo da sua equipe.

No vídeo abaixo, você conhece um pouco mais sobre a nossa solução:

Está esperando o quê? Agende uma demonstração gratuita agora mesmo com os nossos especialistas e veja como podemos ajudar a sua indústria! 

Produtora de Conteúdo em Checklist Fácil
Jornalista e especialista em Comunicação Empresarial, sou apaixonada por marketing, escrever, criar e inovar. Além disso, amo correr, ler, ver filme e curtir uma praia.
Estefânia Martins

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *