Saiba como melhorar a higiene e a segurança do trabalho do seu negócio

Investir em higiene e segurança do trabalho exige antecipar e avaliar riscos ocupacionais. Quer saber como melhorar a experiência dos seus colaboradores e da empresa como um todo? Leia agora o post!

Tempo de leitura: 3 minutos
homem limpando ambiente para garantir a higiene e a segurança no trabalho

Você sabia que os cuidados com higiene e segurança do trabalho podem trazer benefícios para os colaboradores e para a organização? É isso mesmo! Trata-se de um investimento vantajoso para todos os envolvidos.

Dados da pesquisa realizada pelo Serviço Social da Indústria (SESI), feita com 500 empresas, demonstram que, para 48% delas, implementar ações focadas em segurança e saúde no trabalho reduzem as faltas. Além disso, em 43,6% a produtividade aumenta no chão de fábrica e, em 34,8%, há redução de custos. 

Para obter esses resultados, é preciso que cumprir com as responsabilidades em higiene e segurança do trabalho, com foco nas legislações vigentes. Vamos entender melhor como isso acontece?

Higiene e segurança do trabalho nas empresas

Para manter a higiene e a segurança no trabalho, é muito importante eliminar condições inseguras do ambiente por meio da implantação de ações preventivas. E, para isso, é preciso conscientizar as equipes, independente da hierarquia ou setor.


Um ambiente sem riscos e acolhedor é o grande foco da área de segurança do trabalho e por isso, são criadas medidas técnicas, médicas e educacionais! Neste sentido, a higiene ocupacional faz parte dessas ações, com o objetivo de reduzir acidentes e doenças.

Higiene e segurança do trabalho estão diretamente relacionados a riscos. Eles podem ser desde os mais simples como ruídos, temperaturas extremas de calor e frio, umidade, até questões mais profundas como pressão atmosférica, radiações e vibração. 

Por isso, é válido planejar e implementar ações que preservem os colaboradores. Desse modo, a sensação de segurança e acolhimento, reflete no trabalho, beneficiando todos os envolvidos.

Dicas para melhorar a higiene ocupacional

A falta de higiene e segurança no trabalho pode trazer problemas à saúde! Para que essas questões sejam minimizadas, a higiene ocupacional visa implementar medidas e normas para proteger o colaborador e permitir que determinadas tarefas sejam executadas. Confira algumas dicas para melhorar esses processos na sua empresa:

Esteja a frente e antecipe os riscos

Antes de começar qualquer atividade, é necessário analisar o ambiente. Prever os riscos em potencial e agir preventivamente faz muita diferença na implementação de processos e fluxos. 

Dessa maneira, é possível fazer uma listagem do ambiente com comentários sobre quais são os os possíveis riscos, onde e como podem ocorrer. A partir disso, pode-se criar um checklist para acompanhar as próximas etapas. 

Para fazer isso da melhor maneira possível, é recomendável entender a primeira das Normas Regulamentadoras do antigo Ministério do Trabalho e atualmente, Ministério da Economia – Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, a NR1. 

Ela trata de disposições gerais e gerenciamento de riscos ocupacionais, em que é possível encontrar orientações sobre análise dos riscos, como informar os trabalhadores e tomar as medidas preventivas necessárias.

Saiba reconhecer os riscos

Nessa etapa, não podemos fugir do estudo e conhecimento de agentes físicos, químicos e biológicos. Ter esse conhecimento prévio ajuda na identificação mais rápida e eficaz para evitar danos à saúde dos trabalhadores. Para fazer isso de maneira eficiente, ter uma boa gestão pode facilitar o processo. 

Afinal, é necessário olhar para os produtos, matérias primas e equipamentos que estão sendo utilizados, os processos diários e metodologias, como os processos estão sendo implementados, os ambientes de trabalho, entre outros pontos. A partir desse reconhecimento, é possível seguir para a etapa seguinte em que ocorre o detalhamento. 

Avalie os riscos de acordo com os órgãos regulamentares

A avaliação é a etapa que em serão combinadas as informações relevantes coletadas na fase de reconhecimento, em que foi preparada uma base de conhecimento do ambiente, com os pilares da higiene e da segurança do trabalho. 

Além disso, existem algumas normas que regulamentam os processos referentes à higiene no setor de segurança do trabalho e que precisam ser analisados no momento de avaliação. Por exemplo:

  • NR 15: responsável por atividades e operações insalubres e certamente, conhecida por grande parte dos colaboradores da área de saúde e segurança do trabalho;
  • NHO: Normas de Higiene Ocupacional, realizada pela Fundacentro; 
  • Normas Regulamentadoras da ACHIH (American Conference of Governmental Industrial Hygienists): associação privada de profissionais de higiene ocupacional reconhecida como autoridade no assunto
  • NIOSH (National Institute of Occupational Safety and Health): órgão responsável por importantes pesquisas para a prevenção de lesões e doenças relacionada ao setor. 

Controle os riscos

A última etapa está relacionada a todas as anteriores e é o momento de colocar em prática tudo o que foi planejado até o momento, a fim de mitigar e eliminar riscos. Depois da avaliação realizada, foi possível fazer uma análise para elaborar ações

Agora, é fundamental a presença de um bom profissional do setor para trazer insights complementares. Isso inclui: verificar equipamentos e realizar as averiguações necessárias para o bom andamento das atividades de implementação, como a validade dos Certificados de Aprovação de EPIs e a estrutura e manutenção do maquinário.

Dessa maneira, o alinhamento da equipe é peça chave para que as medidas sejam seguidas e ofereçam em sua totalidade segurança a todos. Oferecer informação, investir em higiene e segurança do trabalho e deixar todos cientes, pode facilitar o processo para um ótimo resultado final!

Além de estar em conformidade com as leis e evitar multas trabalhistas, a organização promove uma melhor experiência para seus colaboradores. Assim, eles terão uma qualidade de vida melhor, o que reflete diretamente em seu trabalho, que será realizado com mais segurança e produtividade, atingindo mais resultados positivos. 

Este artigo foi produzido pela Safety Tec.

Convidados especiais fazem parte do nosso blog. Especialistas incríveis que podem contribuir com conteúdo de qualidade para os leitores.
Autor convidado

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *